Seguir o O MINHO

Braga

Manaus, a metrópole da Amazónia que é cidade irmã de Braga

em

Notificacoes O Minho

Ative as notificações no canto esquerdo do seu ecrã e receba alertas de notícias de Última Hora.*

* disponível para Google Chrome

Braga vai assinar um protocolo de geminação com a cidade Brasileira de Manaus, informou, esta terça-feira, a autarquia bracarense.

Depois de Manaus ter reconhecido Braga como ‘Cidade Irmã’, através do Projeto de Lei aprovado a 16 de novembro do ano passado, é agora a vez da cidade dos arcebispos levar a proposta a reunião de Executivo Municipal.

“Consideramos que estas iniciativas e a nova dinâmica que temos vindo a imprimir é fundamental para posicionar Braga em termos internacionais, com os efeitos económicos, culturais e sociais inerentes”, refere o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio.

Manaus é a capital do estado do Amazonas e a sétima cidade mais populosa do Brasil com cerca de dois milhões de habitantes. Trata-se do principal centro financeiro e corporativo da Região Norte do Brasil e o décimo maior destino turístico brasileiro. Com uma área metropolitana com cerca de 2,5 milhões de pessoas, a cidade é reconhecida pelo seu dinamismo económico, pela sua cultura e pelo seu património histórico, com uma forte ligação a Portugal. É ainda considerada como uma das 20 melhores cidades da América Latina para fazer negócios e o sexto Município que mais contribui para o PIB Brasileiro.

Este protocolo irá abranger programas científicos, sociais, ambientais, culturais, desportivos e comerciais entre as duas cidades.

“Pretendemos continuar a aumentar os laços de amizade com outras cidades, e no âmbito da Braga Capital Ibero-Americana de Juventude em 2016, estamos a preparar outras iniciativas de cooperação com mais cidades do espaço da América Latina”, sublinha Ricardo Rio.

Manaus foi fundada no século XVII por Portugueses para fixar o domínio lusitano na região da Amazónia, que na época ocupava uma posição estratégia no território brasileiro. A cidade teve o seu início na margem esquerda do Rio Negro com a construção do Forte da Barra de São José, idealizado pelo explorador português Francisco da Mota Falcão em 1669.

Recorde-se que em novembro, o Município de Braga aprovou a geminação com a cidade de Cluj Napoca, na Roménia, Capital Europeia da Juventude em 2015.

Protocolo com a SOAMAR-BRASIL reforça ‘mentalidade marítima’ e compreensão histórica

Braga irá, de igual modo, firmar um protocolo de cooperação com a SOAMAR-BRASIL em Portugal. Trata-se de uma associação sem fins lucrativos cuja filosofia expressa a grande potência dos recursos marítimos dos dois países.

Nesse sentido, o protocolo irá contribuir para difundir e reforçar a mentalidade marítima nos jovens e na população em geral, encorajando o investimento em indústrias relacionadas com os assuntos do Mar, energia hídrica e marítima, gestão de plataformas logísticas de armazenamento e distribuição desde os portos do litoral.

Com este acordo, a SOAMAR-BRASIL em Portugal irá instalar a sua sede administrativa regional em Braga, facto que irá permitir uma maior proximidade aos agentes da região.

Para a assinatura deste acordo contribuíram a existência permanente e regular, na Universidade do Minho, de Oficiais da Marinha do Brasil, que durante períodos de dois anos habitam em Braga, convivendo com a sociedade bracarense, assim como o apoio à atividade da SOAMAR-BRASIL em Portugal, Europa e CPLP por parte da Federação das Câmaras de Comércio e Industria da América do Sul, que engloba nove países, o que resulta em reflexos positivos no relacionamento interinstitucional das entidades envolvidas.

Populares