Seguir o O MINHO

Cávado

Mais de 23 milhões de euros para melhorar habitação em Esposende

Programa que se estende até 2026

em

Foto: CM Esposende / Arquivo

O Município de Esposende, em colaboração com o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, no âmbito da Estratégia Local de Habitação, vai investir cerca de 23 milhões de euros para melhorar as habitações no concelho, numa programa que se estende até 2026.

Em comunicado enviado hoje a O MINHO, a autarquia afirma ter identificado as necessidades habitacionais das pessoas e dos agregados, que se traduziam, nalguns casos, em condições habitacionais indignas.

Por via deste acordo agora celebrado com o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, “vai promover a reabilitação de frações ou de prédios habitacionais, a construção de prédios ou empreendimentos habitacionais ou adquirir frações ou prédios para destinar a habitação”.

Do valor global desta iniciativa (23.180.006,39 euros), o IHRU, I.P. prevê disponibilizar um financiamento que se estima no valor máximo de 18.848.172,00 euros, sendo 8.092.339,00 euros concedidos sob a forma de comparticipações financeiras não reembolsáveis e 10.755.833,00 euros a título de empréstimo bonificado.

Os financiamentos a conceder pelo IHRU, I.P., independentemente da sua modalidade, são concretizados, relativamente a cada solução habitacional a promover, através da celebração de contratos de comparticipação e de empréstimo, informa a Câmara liderada pelo social-democrata Benjamim Pereira.

“A beneficiação da habitação de famílias necessitadas enquadra-se na política social definida pelo Município de Esposende e visa garantir melhores condições de habitabilidade aos seus cidadãos”, refere a nota de imprensa.

Populares