Seguir o O MINHO

SC Braga

Luís Saraiva, do SC Braga, foi o melhor português na sua estreia na meia maratona do Porto

em

Luís Saraiva, do SC Braga, correu hoje pela primeira vez a meia maratona do Porto, acabando por ser o melhor português, no 13.º lugar, com a marca de 1:07.23 horas.


“Para esta altura da época penso que fiz uma boa marca”, disse à agência Lusa o primeiro atleta não africano a cortar a meta na prova organizada no Porto.

Confessando “não ter noção da marca que podia fazer”, pois foi a “primeira vez” que cumpriu o percurso junto ao rio Douro e “não sabia com o que podia contar”, o atleta do Sporting de Braga contava fazer um tempo próximo do recorde pessoal (1.07:26 horas).

“O percurso não é totalmente plano, tem zonas de empedrado que desgasta um pouco mais a nível físico e uma ou outra rampa que apesar de não ser muito acentuada também contribui para isso”, descreveu o atleta português após cortar a meta.

Entre as mulheres, Susana Godinho, do Sporting, foi a primeira portuguesa a cortar a meta, no sétimo lugar, com o tempo de 1.18:47 horas, resultado que a deixou contente.

“A prova decorreu melhor do que esperava. Vim com o objetivo de fazer um treino rápido e consegui andar mais rápido do que queria e até bati o meu recorde pessoal, que já tinha quatro anos”, referiu.

Salientando correr com “mais frequência provas de 10 quilómetros”, a atleta ‘leonina’, afirmou que a prova, por isso, “correu bem”.

“O meu objetivo hoje era fazer 01:19 ou 1:20 horas, pelo que tendo conseguido fazer 01:18 estou contente”, justificou Susana Godinho, depois de uma prova que disse ser “bastante rápida” e num dia em que “o tempo também ajudou”.

Mike Kiptum Boit, com 1:00:53 horas, e Susan Kipsang Jeptoo, com 1:11.06, ambos do Quénia, venceram as provas masculina e feminina.

Anúncio

SC Braga

Números mostram que a permanência de Paulinho garante um avançado decisivo

Avançado do SC Braga

em

Foto: DR / Arquivo

Um dos nomes mais falados nos últimos dias do mercado de transferências, que se encerrou esta terça-feira, foi o de Paulinho, ponta de lança do SC Braga. O Sporting terá apresentado propostas, mas a SAD liderada por António Salvador não aceitou, e o avançado permanece. Segundo as estatísticas, uma boa notícia para os bracarenses.

Para além de segurar o seu melhor marcador da última época, quando apontou 17 golos e foi o quarto da Primeira Liga, o internacional português também foi o jogador do SC Braga com mais assistências: sete no total, uma a mais do que Francisco Trincão e Ricardo Esgaio.

As estatísticas também demonstram que Paulinho é o jogador que mais apontou “golos da vitória”, com quatro, ao lado de Mehdi Taremi, que transferiu-se do Rio Ave para o FC Porto no último defeso.

O avançado de 27 anos foi um pedido do treinador Rúben Amorim, ex-SC Braga, e a possibilidade esteve em cima da mesa até ontem.

No entanto, António Salvador, presidente do SC Braga, terá pedido 14 milhões de euros e a cedência por empréstimo do avançado Sporar. Mas Frederico Varandas, líder leonino apenas avançou com uma oferta de 11 milhões, sem contemplar o esloveno.

Continuar a ler

Futebol

Pérez (Famalicão), Ruiz (Braga) e um vianense na lista de 100 candidatos ao ‘Golden Boy’

Total de nove futebolistas portugueses

em

Nehuén Pérez, Abel Ruiz e Pedro Neto. Foto: DR

Nove futebolistas portugueses estão entre os 100 candidatos ao ‘Golden Boy’ de 2020, troféu entregue pelo jornal italiano Tuttosport e que distingue o melhor jogador jovem da atualidade.

Romário Baró, Tiago Lopes e Fábio Silva (FC Porto), Tomás Tavares e Gonçalo Ramos (Benfica), Eduardo Quaresma e Rafael Camacho (Sporting), Tiago Djaló (Lille/Fra) e o vianense Pedro Neto (Wolverhampton/Ing) são os portugueses indicados à sucessão de João Félix.

Na lista constam ainda dois jogadores que atuam em Portugal, na I Liga, nomeadamente o defesa argentino Nehuén Pérez (Famalicão) e o avançado espanhol Abel Ruiz (SC Braga).

Na extensa pré-seleção do Tuttosport destaque ainda para a presença do médio ofensivo Angel Gomes, do Manchester United, internacional jovem por Inglaterra e filho de Gil, campeão mundial de sub-20 por Portugal.

Entre os candidatos estão também jogadores que já se afirmaram nas equipas principais, entre os quais o norueguês Haland, avançado sensação esta época e que trocou no mercado de inverno o Salzburgo pelo Borussia Dortmund, Ansu Fati, o atacante de origem guineense do FC Barcelona, ou o brasileiro Vinicius Jr., do Real Madrid.

Fortes candidatos ao troféu são igualmente os ingleses Jadon Sancho (Borussia Dotmund) ou Hudson-Odoi (Chelsea).

O prémio, criado em 2003, já distinguiu dois jovens jogadores portugueses: Renato Sanches, em 2016, e João Félix, no último ano, em 2019, sendo ambos ‘produtos’ da formação do Benfica e que se transferiram para o Bayern Munique e Atlético Madrid, respetivamente.

Continuar a ler

SC Braga

À quarta ronda de testes, SC Braga continua livre da covid

Covid-19

em

Foto: Twitter de SC Braga

Os jogadores, equipa técnica e ‘staff’ do SC Braga foram novamente sujeitos a testes de rastreio à covid-19 cujos resultados foram todos negativos, revelou hoje o clube minhoto da I Liga de futebol.

Foi a quarta ronda de testes realizada pelos bracarenses no espaço de um mês e todos eles tiveram resultados negativos.

Antes do início da competição, os ‘arsenalistas’, tal como as restantes equipas, voltarão a ser testados.

https://twitter.com/SCBragaOficial/status/1265251288180232192

Depois da folga de segunda-feira, o plantel voltou hoje aos treinos para preparar o jogo com o Santa Clara, da 25.ª jornada da I Liga, no dia 05 de junho (19:00), que terá lugar na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Escócia, Bélgica e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 03 de junho. A Liga alemã foi retomada em 16 de maio.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 346 mil mortos e infetou mais de 5,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Quase 2,2 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.342 pessoas das 31.007 confirmadas como infetadas, e há 18.096 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Populares