Seguir o O MINHO

Futebol

Luís Castro apontado como hipótese para o Benfica

Técnico do Vitória SC chegou a Guimarães no início desta época.

em

Foto: Vitória SC / Arquivo

Luís Castro é esta sexta-feira apontado como possível sucessor de Rui Vitória no comando técnico do Benfica, depois de o treinador ter ontem deixado o lugar.

Segundo avança “O Jogo”, Luís Filipe Vieira, presidente do clube lisboeta, acredita que o técnico do Vitória SC terá o perfil adequado para assumir os destinos da equipa.

Luís Castro é visto como um “profissional competente, metódico e com personalidade”, escreve o jornal desportivo.

Apesar de ter uma cláusula de rescisão de um milhão de euros, a saída do treinador teria de ter o consentimento do Vitória SC, pois, como faz notar o “Guimarães Digital”, que dá eco da notícia, segundo os regulamentos, a mudança de técnicos entre clubes da I Liga implica o entendimento entre todas as partes, estando prevista a perde de seis pontos, caso tal não suceda.

Em dezembro, o treinador que chegou a Guimarães vindo de Chaves, recusou uma proposta do Reading, da segunda divisão inglesa. Na altura explicou a decisão, dizendo que surgiriam “outras oportunidades” e melhores para progredir na carreira.

Rui Vitória, que chegou ao Benfica proveniente, curiosamente, do Vitória SC, em 2015, foi o quinto treinador a abandonar o comando de uma equipa da I Liga, em 2018/2019.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Futebol

Poderá o Benfica surpreender as Gverreiras na Taça de Portugal? Números da equipa da 2.ª divisão impressionam

Primeira mão das meias-finais joga-se hoje e tem transmissão n’A BOLA TV

em

Foto: Divulgação / SC Braga

O SC Braga defronta este domingo o Benfica, no Estádio da Tapadinha, em Lisboa, em jogo da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol feminino, marcado para as 15:00 horas.

As arsenalistas, líderes do campeonato nacional, vão encontrar uma equipa muito acima da concorrência, na 2.ª divisão, num duelo que é visto como uma final antecipada.

A equipa lisboeta está a fazer uma época arrebatadora.

Na primeira fase do seu campeonato, as benfiquistas, em ano de estreia, ganharam os 16 jogos, com 273 golos marcados e… zero sofridos. Mais: na 15.ª jornada, o Benfica conseguiu mesmo alcançar a maior goleada da história do futebol feminino, ao vencer por 32-0.

Na Taça de Portugal, os números das encarnadas não são muito diferentes, já que, no total das cinco rondas anteriores, a equipa somou 78 golos marcados e apenas um sofrido.

No que toca ao SC Braga, o clube soma 52 pontos na Liga BPI, na primeira posição, fruto dos 92 golos marcados e seis sofridos, que valeram 17 vitórias e apenas um empate. A equipa bracarense dispõe assim de uma vantagem de três pontos sobre as arqui-rivais do Sporting, que, desde o nascimento da equipa do SC Braga, venceram sempre o campeonato, deixando as bracarenses em segundas – a hegemonia só foi quebrada na época passada, com a conquista da Taça de Portugal, e, já esta temporada, com a vitória na Supertaça.

No caminho para a final da Taça de Portugal deste ano, depois de vencer o Sporting, nos oitavos de final, por 3-1, nos quartos as Gverreiras do Minho tiveram de suar para levar de vencida o Estoril Praia, fora, por 2-3.

Os jogos das meias-finais, hoje e a 20 de abril, e final, marcada para o dia 18 de maio, podem ser vistos, em directo, em A BOLA TV.

No outro jogo das meias-finais, o Valadares Gaia recebeu e venceu, no sábado, o Clube de Albergaria, por 1-0, tendo Lúcia Alves marcado o golo solitário, aos 60 minutos.

Continuar a ler

Futebol

Europeu sub-19 (Ronda de Elite) – Resultados e classificação

Jogos passam pelo Estádio Cidade de Barcelos

em

Foto: Divulgação / O MINHO

Resultados e classificação do grupo 6 da Ronda de Elite de qualificação para o Campeonato de Europa de sub-19 em futebol, que decorre em Portugal entre 20 e 26 de março:

– Quarta-feira, 20 de março

Turquia – Escócia, 1-3

Portugal – Chipre, 3-0 (Estádio Municipal de Barcelos)

– Sábado, 23 de março

Escócia – Chipre, 4-0

Portugal – Turquia, 3-0

 

Classificação: J V E D GM-GS P

1. Escócia 2 2 0 0 7-1 6

——————————————————

2. Portugal 2 2 0 0 6-0 6

3. Turquia 2 0 0 2 1-6 0

4. Chipre 2 0 0 2 0-7 0

Por disputar

– Terça-feira, 26 de março

Chipre – Turquia, 16:15, em Barcelos

Escócia – Portugal, 16:15, no Porto

Os primeiros classificados dos sete grupos juntam-se à anfitriã Arménia na fase final, a disputar entre 14 e 27 de julho.

Continuar a ler

Futebol

Dyego Sousa é o 39.º estreante na ‘era’ Fernando Santos

Avançado do SC Braga cantou ‘A Portuguesa’ no banco

em

Foto: Imagens SportTV

O avançado Dyego Sousa, nascido no Brasil, tornou-se hoje o 39.º jogador a estrear-se na seleção principal de futebol na ‘era’ Fernando Santos, ao entrar no jogo face à Ucrânia, no Estádio da Luz, em Lisboa.

O jogador do SC Braga entrou aos 73 minutos, em substituição de André Silva, mas não conseguiu desfazer o ‘nulo’, no primeiro encontro da formação das ‘quinas’ no Grupo B de apuramento para o Europeu de 2020.

Dyego Sousa estreia-se pela Seleção

Dyego Sousa sucede a Hélder Costa (Wolverhampton), Pedro Mendes (Montpellier) e Cláudio Ramos (Tondela), que cumpriram a primeira internacionalização ‘AA’ em 14 de outubro de 2019, num particular realizado na Escócia (3-1).

O extremo dos Wolves jogou os 90 minutos e tornou-se o segundo a marcar na estreia na ‘era’ Fernando Santos, depois de João Cencelo, que faturou face a Gibraltar, o central do Montpellier entrou aos 57 e o guarda-redes do Tondela aos 86.

Em 2018, já se tinham estreado Mário Rui, na Holanda, em 26 de março, Rúben Dias, face à Tunísia (2-2), em 28 de maio, e Gedson Fernandes e Sérgio Oliveira, em 06 de setembro, num particular como a vice-campeã mundial em título Croácia, no Algarve (1-1).

A ’coleção’ de estreantes começou a ser feita logo no primeiro encontro de Fernando Santos, em 11 de outubro de 2014, num particular com a França, em que o então novo selecionador luso fez alinhar Cédric e João Mário.

Ainda no ano de 2014, também Raphaël Guerreiro, Adrien Silva, José Fonte e Tiago Gomes foram ‘promovidos’ a internacionais ‘AA’.

A lista teve, depois, um aumento substancial com o particular com Cabo Verde, em 2015, com Fernando Santos a fazer alinhar pela primeira vez Anthony Lopes, André Pinto, Paulo Oliveira, Bernardo Silva, André André, Ukra e Danilo.

Seguiram-se, ainda no mesmo ano, Daniel Carriço, Nélson Semedo, Gonçalo Guedes, Lucas João, Ricardo Pereira e Rúben Neves.

Em 2016, ano em que Portugal conquistou o histórico Europeu, foi a vez do ‘miúdo’ Renato Sanches, André Silva, João Cancelo e Gelson Martins.

No ano seguinte, tornara-se internacionais ‘AA’ Marafona, perante a Suécia, Bruma, Bruno Fernandes, Edgar Ié e Kévin Rodrigues, face à Arábia Saudita, e Gonçalo Paciência, Ricardo Ferreira e Rony Lopes, frente aos Estados Unidos.

– Lista dos 39 estreantes na ‘era’ Fernando Santos:

2019

22/03 Ucrânia (C), 0-0: Dyego Sousa

2018

14/10 Escócia (F), 3-1: Hélder Costa, Pedro Mendes, Cláudio Ramos

06/09 Croácia (C), 1-1: Sérgio Oliveira, Gedson Fernandes

28/05 Tunísia (N), 2-2: Rúben Dias

26/03 Holanda (N), 0-3: Mário Rui

2017

14/11 Estados Unidos (C), 1-1: Gonçalo Paciência, Ricardo Ferreira, Ronny Lopes

10/11 Arábia Saudita (C), 3-0: Bruma, Bruno Fernandes, Edgar Ié, Kévin Rodrigues

28/03 Suécia (C), 2-3: Marafona

2016

07/10 Andorra (C), 6-0: Gelson Martins

01/09 Gibraltar (C), 5-0: André Silva, João Cancelo

25/03 Bulgária (C), 1-0: Renato Sanches

2015

14/11 Rússia (F), 0-1: Gonçalo Guedes, Ruben Neves, Lucas João, Ricardo Pereira

11/10 Sérvia (F), 2-1: Nélson Semedo

16/05 Itália (N), 1-0: Daniel Carriço

31/03 Cabo Verde (C), 0-2: Anthony Lopes, André Pinto, Paulo Oliveira, Bernardo Silva, André André, Ukra, Danilo

2014

18/11 Argentina (N), 1-0: José Fonte, Tiago Gomes, Adrien Silva

14/11 Arménia (C), 1-0: Raphael Guerreiro

11/10 França (F), 1-2: Cedric, João Mário

Continuar a ler
Anúncio

ÚLTIMAS

Reportagens da Semana

EM FOCO

Populares