Lucro de empresa que detém Mercado Abastecedor de Braga sobe 8% para 2,4 milhões de euros

Grupo SIMAB
Foto: DR

O Grupo SIMAB – Sociedade Instaladora de Mercados Abastecedores registou cerca de 2,4 milhões de euros de lucro no segundo trimestre, mais 8,2% do que no período homólogo, foi esta terça-feira anunciado.

“O resultado líquido consolidado, antes de interesses minoritários, […] foi positivo em 2.435,1 milhares de euros, superior ao período homólogo em 184,6 milhares de euros (+8,2%)”, indicou, em comunicado, o grupo.

No período em causa, o volume de negócios totalizou 8,4 milhões de euros, o equivalente a uma subida de 5,3% em relação a igual período do ano anterior.

Por sua vez, o resultado antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) totalizou quase 5,6 milhões de euros no segundo trimestre, progredindo 4,7% face ao mesmo trimestre de 2018.

“De notar que esta evolução se encontra impactada pelo reconhecimento de imparidades em dívidas a receber de clientes, apuradas no segundo trimestre na empresa MARL SA, no montante de 230 milhares de euros. O EBITDA consolidado teria registado uma evolução significativamente mais favorável face ao período homólogo do ano anterior”, apontou, citado no mesmo documento, o presidente executivo do grupo, Rui Paulo Figueiredo.

Já os rendimentos operacionais ascenderam, no segundo trimestre, a 8,7 milhões de euros, situando-se acima do período homólogo em 392,1 mil de euros (4,7%).

Por último, os gastos operacionais consolidados (excluindo depreciações, imparidade e provisões) fixaram-se em 2,6 milhões de euros, menos 4,2% do que no período homólogo.

O grupo SIMAB integra, além da própria SIMAB, as empresas proprietárias dos Mercados Abastecedores da Região de Lisboa (MARL, SA), Braga (MARB SA), Évora (MARÉ, SA) e Faro (MARF, SA).

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Barcelos recebe maior escorrega de água urbano da Europa

Próximo Artigo

Arrufo entre namorados acaba com montra partida e um ferido em Famalicão

Artigos Relacionados
x