Seguir o O MINHO

Aqui Perto

Lobo ibérico em mau estado de saúde refugia-se em aldeia habitada na Galiza

Biodiversidade

em

Foto: Concello de Cuntis / Reprodução

Um lobo ibérico com sinais de má nutrição e mau estado de saúde refugiou-se numa casa devoluta na aldeia de Castrolandín, em concelho de Cuntis, Pontevedra (Galiza), avança aquele município. O animal foi trasladado para o Centro de Recuperação de Fauna Selvagem de Cotobado pelos serviços municipais de emergência e proteção civil.

De acordo com um texto publicado na página oficial da rede social Facebook do “Consello de Cuntis”, o alerta foi dado por uma habitante do lugar de Castrolandín, na paróquia de Santa Maria de Cuntis, depois de ter avistado um canídeo de elevado porte que se refugiou numa casa devoluta ao cruzar caminho.

Foto: Concelho de Cuntis / Reprodução

Foto: Concelho de Cuntis / Reprodução

A mulher pensou tratar-se de um cão e contou o sucedido a familiares, que perceberam, já no local, que se tratava de um lobo debilitado. Cerca das 20:00 horas, a população contactou os serviços de proteção civil, relatando a presença de um lobo. À chegada, os operacionais constataram a veracidade do relato, percebendo que se tratava de um exemplar de lobo ibérico (canis lupus).

Apesar da presença de seres humanos, o animal continuava deitado, bastante debilitado.

Os operacionais contactaram numa primeira instância o 112, mas não receberam “uma resposta clara”, explica o município. Só à chegada do alcalde, Manuel Campos, foi orientada a presença do ministério do Meio Ambiente, através de uma equipa que cuidasse do animal. O responsável político explica que o lobo tinha sintomas evidentes de desnutrição e que padeceria de alguma doença.

Foi então transferido para Cuntis com acompanhamento de um veterinário e um agente do meio ambiente. Após ter sido sedado, foi transportado para o centro de fauna selvagem, onde se encontra em recuperação.

Populares