Seguir o O MINHO

Ave

Limpeza da Rede Viária Municipal de Guimarães começa esta segunda-feira

em

Programa de “Conservação corrente das estradas do concelho de Guimarães” arranca em Briteiros São Salvador. Município criou plano para limpeza preventiva bianual na primavera e no outono.

O plano de limpeza e manutenção regular de 103,2 quilómetros de via pública, recentemente programado pela Câmara Municipal para o concelho de Guimarães, tem início esta segunda-feira, na freguesia de Briteiros São Salvador, na Estrada Nacional 309, troço rodoviário que abrange igualmente a freguesia de Souto São Salvador e que será também submetido a uma intervenção na área respeitante ao seu território.

Concluída esta primeira operação, o Município de Guimarães tem já calendarizadas iguais ações em Selho São Lourenço (M583-3), no troço compreendido até Prazins Santo Tirso. Segue-se Atães (EN206) até Mesão-Frio/Paçô Vieira, onde será efetuada a limpeza na EN101. O serviço, que contempla a desobstrução de bermas, taludes e valetas, decorrerá duas vezes por ano, a primeira das quais entre os meses de abril e junho e a segunda intervenção entre setembro e novembro.

A atividade consiste em ceifar e cortar a vegetação, promovendo a evolução natural, sem danificar o processo de regeneração e a autossementeira das áreas com revestimento herbáceo, dando às áreas envolventes das estradas um aspeto mais verde. A intervenção inclui ainda a remoção de resíduos dispersos na zona envolvente das estradas.

O Departamento de Obras Municipais de Câmara Municipal estima que serão objeto de limpeza um total de 412,8 quilómetros, dado que a Rede Viária Municipal de Guimarães, com 103,2 quilómetros de extensão, será sujeita a uma intervenção em ambos os lados da estrada, duas vezes por ano, no decurso da empreitada.

“Queremos um concelho mais limpo para ir de encontro às pretensões das nossas pessoas. Além da parte estética, este trabalho preventivo permitirá garantir uma frequente limpeza da nossa rede viária, prevenindo eventuais inundações durante o período de chuva mais intensa”, refere Domingos Bragança, presidente do Município.

Populares