Seguir o O MINHO

Alto Minho

Liliana Silva subiu à Serra d’Arga e apresentou candidatura pelo PSD a Caminha

Eleições autárquicas 2021

em

Foto: Jornal C

A vereadora da oposição na Câmara de Caminha, Liliana Silva, apresentou este domingo a candidatura à Câmara nas próximas eleições autárquicas pelo PSD, num evento realizado no topo da Serra d’Arga.

“Uma candidatura a pensar no concelho de Caminha e não uma candidatura de vaidade nem egos”, descreveu a candidata, citada pelo Jornal C – O Caminhenese.

Liliana Silva quer ser uma “alternativa credível”, substituindo a candidata de 2017 daquele partido, Júlia Paula Costa, que não conseguiu recuperar a liderança da autarquia a Miguel Alves, vencedor em 2013 e 2017 e atual edil eleito pelo PS.

Entre as várias propostas a que a candidatura ‘laranja’ se propõe caso chegue a ser poder, incluem-se a rescisão imediata do contrato com a Águas do Alto Minho (AdAM), “por justa causa”, e a realização de um estudo para o pertinho de Vila Praia de Âncora.

A grande ‘bandeira’ de Liliana Silva ao longo dos últimos anos também não foi esquecida. Admite fazer de tudo para travar uma eventual exploração de lítio na serra onde apresentou a candidatura.

Quer também “continuar a lutar” pela construção de uma ponte rodoviária a ligar Caminha à Galiza.

“Vamos, todos juntos, dar a partir de hoje, passos importantes para fazermos história no concelho de Caminha”, afirmou.

Ex-deputada da Assembleia da República na anterior legislatura, onde era conhecida como a “deputada anti-lítio”, Liliana Sofia Bouça da Silva, de 42 anos, é licenciada em ensino de Português e Alemão.

Populares