Seguir o O MINHO

Futebol

Liga Europa: Vitória não vai “ter facilidades” diante da Jeunesse

Liga Europa

em

Foto: Arquivo

O treinador do Vitória SC, Ivo Vieira, avisou hoje que a sua equipa não vai “ter facilidades” no segundo jogo frente à Jeunesse Esch, do Luxemburgo, mesmo entrando com vantagem na segunda pré-eliminatória da Liga Europa de futebol.


Depois de, na semana passada, ter vencido por 1-0 no Luxemburgo, com um golo de Joseph aos 90+3 minutos, a turma minhota parte em vantagem para o jogo decisivo, mas o técnico realçou que os seus pupilos vão ter de ser “concentrados” e “competitivos” para seguirem para a próxima fase, apesar de pertencerem a um campeonato mais forte, a I Liga portuguesa.

“É mau prenúncio pensar que temos a vida facilitada. Estas equipas estão muito motivadas no contexto em que se encontram. (…) Muitas vezes, a teoria é vencida pela vontade e pelo querer. Temos de perceber que não vamos ter facilidades”, salientou, na antevisão ao jogo de quinta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

O treinador, de 43 anos, lembrou que tanto o futebol português como o internacional já foram palcos de surpresas, mas realçou a crença na valia dos seus jogadores para serem “melhores e mais fortes”, jogarem “nitidamente para ganhar”, e “aumentarem a vantagem”.

Ivo Vieira frisou, aliás, que o seu objetivo para temporada 2019/20 é criar “uma equipa de ataque”, pronta a correr “riscos” para criar ocasiões de golo, apesar de ter ainda muito a melhorar na finalização.

“A finalização é um processo natural de treino. Ficaria preocupado se não tivéssemos conseguido tirar cruzamentos, criar oportunidades de golo. Os índices estão adequados à altura da época. Em termos defensivos, também podemos ser mais fortes”, disse.

À espera de “um ambiente interessante” no seu primeiro jogo oficial como técnico do Vitória no D. Afonso Henriques, o treinador antecipou que a Jeunesse Esch tanto pode jogar em 5x3x2, o sistema tático que esperava na primeira mão, e o 5x4x1, modelo realmente utilizado, que dificultou a “superioridade” vitoriana nas alas.

Além de Wakaso, André André, Ola John e Aziz, jogadores ausentes dos relvados desde o início da época, Ivo Vieira também não vai contar com Mikel, médio com lesão muscular na coxa direita, e tem ainda Joseph em dúvida, mas disse confiar no desempenho dos elementos disponíveis.

“A cada dificuldade, vamos ser mais fortes e competitivos. Há um leque de jogadores impedidos por lesão, mas temos de ir para a guerra com aquilo que temos. Os [jogadores] que estão darão uma resposta cabal no jogo”, anteviu.

Ao lado de Ivo Vieira, o extremo Rochinha reconheceu as “qualidades” da turma luxemburguesa, mas considerou que o Vitória tem capacidade para “criar mais oportunidades” do que na primeira mão, “concretizá-las” e seguir para a terceira pré-eliminatória, na qual pode defrontar o Ventspils (Letónia) ou o Gzira United (Malta).

O Vitória SC recebe a Jeunesse Esch, do Luxemburgo, num jogo agendado para as 20:00 de quinta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, com arbitragem do russo Vitali Meshkov.

Anúncio

Futebol

Gil Vicente sem casos positivos nos testes mais recentes

Covid-19

em

Foto: Gil Vicente FC / Facebook (Arquivo)

Os jogadores e restantes elementos do Gil Vicente testados à covid-19 na terça-feira e hoje tiveram resultados negativos, adiantou hoje à Lusa fonte oficial do clube da I Liga portuguesa de futebol.

Os resultados foram conhecidos após terem sido “garantidamente detetados” 18 casos de infeção pelo novo coronavírus no clube barcelense – 10 em futebolistas, cinco em elementos da equipa técnica e da restante estrutura, entre os quais o treinador principal, Rui Almeida, e três em pessoas sem ligação ao futebol profissional, informou a mesma fonte.

Impedido de treinar no relvado pelo delegado de saúde local, o plantel gilista está de quarentena, apesar da breve interrupção na quarta-feira, e viu ser adiado o desafio da primeira jornada do campeonato, agendado para as 18:30 de sábado, frente ao Sporting, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, após a decisão das autoridades de saúde, anunciada na quinta-feira.

O clube ‘verde e branco’ também registou casos positivos de covid-19 e teve de cancelar um jogo amigável com os italianos do Nápoles, agendado para o passado domingo.

O encontro entre ‘leões’ e ‘galos’ é, aliás, o primeiro do principal campeonato português a ser adiado devido à pandemia de covid-19, depois dos embates da II Liga, entre Feirense e Desportivo de Chaves, na passada sexta-feira, e entre Académico de Viseu e Académica, no passado sábado, terem sido adiados pela mesma razão.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortos e mais de 30,2 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.894 pessoas dos 67.176 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Futebol

Vitória já não vai ter sócios na bancada presidencial

ARS Norte

em

Foto: Facebook VSC

As autoridades de saúde emitiram um “parecer desfavorável” à presença de sócios convidados em cada jogo caseiro do Vitória de Guimarães para a I Liga de futebol, informou hoje a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte).

O clube vimaranense anunciou, na quarta-feira, que ia sortear 40 sócios para assistirem aos jogos na tribuna presidencial do Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, a partir da terceira jornada, frente ao Paços de Ferreira, em 02 de outubro, após rejeitada a iniciativa para o jogo de hoje com o Belenenses SAD, mas a ARS Norte emitiu hoje um comunicado sobre a situação, limitando-se a dizer que “não é permitida a presença de público” nos estádios.

“Torna-se necessário clarificar que, em concordância com a Resolução do Conselho de Ministros n.º 70-A/2020, de 11 de setembro de 2020, e as orientações técnicas da Direção-Geral da Saúde (DGS), as Autoridades de Saúde de nível nacional, regional e local comunicaram o seu parecer desfavorável, não permitindo a presença de público”, lê-se no comunicado.

Essa resolução indica, no artigo 22.º, que “a prática de atividade física e desportiva, em contexto de treino e em contexto competitivo, incluindo a I Liga de futebol profissional, pode ser realizada sem público, desde que no cumprimento das orientações definidas pela DGS”.

O clube minhoto adiantou, na quarta-feira, que a ARS Norte rejeitou a iniciativa para o duelo com o Belenenses SAD, da primeira jornada da I Liga, “face ao atual cenário epidemiológico na cidade de Guimarães”.

A presidente da Direção-Geral da Saúde (DGS), Graça Freitas, adiantou, na segunda-feira, que Guimarães é um dos concelhos com “maior incidência” de novos casos de covid-19 por 100 mil habitantes, juntando-se ao concelho de Vila Nova de Gaia e à região de Lisboa e Vale do Tejo como uma das “zonas mais críticas” do país.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 946.727 mortos e mais de 30,2 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.894 pessoas dos 67.176 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Futebol

Tomás Esteves, inscrito pelo FC Porto, mantém mítica camisola 2

Futebol

em

Foto: Twitter / FC Porto (Arquivo)

O futebolista Tomás Esteves, natural de Arcos de Valdevez, é opção para o treinador do FC Porto no jogo deste sábado frente ao SC Braga.

O nome do promissor lateral dos dragões não estava na listagem divulgada esta sexta-feira pela Liga Portugal, dando azo a comentários de que o jovem pudesse estar de saída para outras paragens, depois de anunciado o interesse do Wolverhampton, de Inglaterra.

No entanto, diz o Jornal de Notícias, houve um erro na listagem e afinal Tomás Esteves volta a envergar a mítica camisola 2 dos azuis-e-brancos nesta temporada.

Esta sexta-feira, em conferência de imprensa, o treinador Sérgio Conceição admitiu que os 33 jogadores que se apresentaram a treinos no Olival compõe um número excessivo, pelo que alguns deverão ser transferidos, como é o caso de Osorio, Diogo Queirós, Aboubakar ou Zé Luís.

“Falando dos 33, obviamente que são muitos jogadores. Na minha opinião acaba por ser mais prejudicial do que benéfico para o trabalho diário e a preparação dos jogos. Se perguntar a todos os outros treinadores da Liga, se calhar eles vão dizer o mesmo que eu”, disse.

Lista de jogadores do FC Porto inscritos na I Liga

Guarda-redes
1 – Marchesín
99 – Diogo Costa
14 – Cláudio Ramos
71 – Meixedo

Defesas
2- Tomás Esteves
15 – Carraça
18 – Manafá
3 – Pepe
19 – Mbemba
4 – Diogo Leite
13 – Alex Telles
12 – Zaidu

Médios
22 – Danilo
6 – Loum
8 – Uribe
21 – Romário Baró
27 – Sérgio Oliveira
25 – Otávio

Avançados
17 – Corona
10 – Nakajima
7 – Luis Díaz
11 – Marega
9 – Taremi
29 – Soares
30 – Evanilson
23- João Mário
50 – Fábio Vieira

Continuar a ler

Populares