Seguir o O MINHO

Desporto

Liga dos Campeões começa nesta terça… E o que o Minho tem a ver?

em

A Liga dos Campeões, prova máxima dos clubes europeus, começa em sua fase de grupos nesta terça-feira. O futebol do Minho pode não estar representado através de suas equipas. Mas ainda assim, deu sua contribuição em um aspeto mais nacional. Portugal, ao lado da Itália, é o país com mais treinadores na competição, são seis. E cinco deles com alguma passagem por SC Braga, Vitória SC, ou mesmo ambos. Apenas José Mourinho não trabalhou na região.


Sérgio Conceição, por exemplo, passou pelos dois há pouco tempo. Comandou o SC Braga na época 2014/15, e no ano seguinte foi para o rival de Guimarães. Foi trabalhar na França a comandar o Nantes, e em 2017 assumiu o FC Porto.

No grande rival do Dragão está Rui Vitória. O atual treinador do Benfica ficou no Vitória SC entre 2011 e 2015, e conquistou a Taça de Portugal de 2013 justamente contra o Encarnado na final.

Para fechar o grupo dos clubes portugueses, Jorge Jesus. Treinador do Sporting, também passou pelos dois. Em 2003/04 esteve no Vitória SC, e em 2008/09 comandou o SC Braga, antes de ir para o Benfica. Ganhou a extinta Taça Intertoto da Uefa em 2008 pelos Arsenalistas.

Um dos treinadores portugueses mais bem-sucedidos atualmente no estrangeiro é Leonardo Jardim, campeão francês pelo Mónaco. O técnico da equipa do Principado, que está no grupo do FC Porto, treinou o SC Braga em 2011/12, antes de ir para o Olympiakos.

Paulo Fonseca é mais lembrado pela época em que foi técnico do SC Braga e conquistou a Taça de Portugal em 2016 contra o FC Porto na final. Porém, teve uma passagem como jogador do Vitória SC ainda no fim dos anos 1990. É o atual campeão ucraniano pelo Shakhtar Donetsk.

Anúncio

Futebol

João Afonso espera que Gil Vicente corrija erros após a troca de treinador

I Liga

em

Foto: DR

O médio João Afonso disse hoje que o Gil Vicente deve aproveitar a entrada do treinador Ricardo Soares e a interrupção competitiva para “corrigir” os erros que custaram pontos na I Liga portuguesa de futebol.

Depois de cinco pontos nos três primeiros jogos do campeonato, a equipa de Barcelos averbou quatro derrotas seguidas, caiu para o 17.º e penúltimo lugar antes da paragem em curso e contratou Ricardo Soares para o lugar do técnico que iniciou a época, Rui Almeida, com o jogador a admitir que os ?’alos’ cometeram “erros que não poderiam cometer”

“Tivemos uma troca no comando [técnico] recente. Estamos a aproveitar a paragem para corrigir o que estávamos a errar, para termos mais acertos do que erros. Precisamos de ganhar e de voltar a ter confiança para retomarmos o caminho certo”, disse, num vídeo publicado nas paginais oficiais do clube minhoto nas redes sociais.

O médio brasileiro, de 25 anos, realçou, porém, que o plantel gilista tem “muita qualidade” e precisa de “assimilar bem” as ideias do novo ‘timoneiro’, oficializado na sexta-feira, para inverter o ciclo de derrotas, consumado diante de FC Porto (1-0), Sporting (3-1), Vitória de Guimarães (2-1) e Nacional (2-1).

“Ainda estamos num processo de assimilar as ideias e a questão da intensidade. Estamos a conhecer o ‘mister’ cada vez mais e ele a nós”, afirmou João Afonso, futebolista utilizado nos sete encontros do campeonato.

O Gil Vicente volta a jogar para a I Liga às 15:00 de 29 de novembro, um domingo, quando receber o Rio Ave, mas, antes, visita o Oleiros, do Campeonato de Portugal, em partida que abre a terceira eliminatória da Taça de Portugal, agendada para as 14:30 de sexta-feira, na qual João Afonso espera “conseguir a vitória”, mas “respeitando o adversário”.

Continuar a ler

Futebol

FIFA adia Mundial de clubes para fevereiro de 2021

Mundial de Clubes

em

Foto: fifa.com / DR

O Campeonato do Mundo de clubes de futebol, que estava agendado para dezembro, foi adiado para fevereiro de 2021, no Qatar, devido à indefinição provocada pela pandemia de covid-19 em algumas competições continentais, anunciou hoje a FIFA.

Entre as sete equipas que vão participar na prova, agendada para decorrer de 01 a 11 de fevereiro do próximo ano, apenas o campeão e representante europeu, Bayern de Munique, e o anfitrião Al-Duhail estão garantidos.

O quadro completo da prova só será conhecido no final de janeiro de 2021, uma vez que, por exemplo, o campeão sul-americano (CONMEBOL) só ficará decidido no final desse mês, com a decisão da Taça dos Libertadores, enquanto os representantes da CONCACAF (América do Norte, Central e Caraíbas) e da AFC (Ásia) serão conhecidos no final de dezembro deste ano.

Por outro lado, o Comité Executivo da FIFA decidiu adiar para 2022 os campeonatos do mundo de futebol feminino de sub-17 e sub-20, que estavam previstos para este ano. O Mundial de sub-17 vai decorrer na Índia, enquanto o de sub-20 será na Costa Rica.

Continuar a ler

Desporto

Jogador do Varzim internado devido à covid-19

II Liga

em

Foto: DR / Arquivo

Um jogador do plantel principal do Varzim, da II Liga portuguesa de futebol, está internado no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, tudo indica com complicações associadas à covid-19, confirmou à Lusa fonte do clube poveiro.

O aleta, cujo nome não foi divulgado, foi um dos 11 elementos do grupo de trabalho varzinista que contrairam o novo coranvírus, mas desenvolveu sintomas respiratórios mais graves, que levaram à sua hospitalização.

Numa primeira fase, o jogador recebeu assistência no Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde, mas, posteriormente, foi conduzido ao Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, uma unidade de saúde de maior dimensão, onde, segundo a mesma fonte, se encontra estável.

Depois da suspensão da atividade durante sete dias, devido ao surto que atingiu o grupo, o plantel varzinista regressou hoje aos trabalhos, com quase todos os elementos já recuperados da doença, incluindo o técnico Miguel Leal.

Os poveiros iniciaram a preparação para o jogo de segunda-feira, frente a Académica de Coimbra, da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, agendada para as 19:30.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.328.048 mortos resultantes de mais de 55 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.472 pessoas dos 225.672 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Populares