Seguir o O MINHO

Futebol

Liga das Nações: Portugal tenta o título frente a seleções de ‘peso’

A jogar em casa e sem baixas

em

Foto: DR / Arquivo

O estatuto de anfitrião, de campeão europeu e a presença do avançado Cristiano Ronaldo colocam a seleção portuguesa na ‘pole position’ da fase final da Liga da Nações de futebol, embora tenha adversários de peso.

A jogar em casa e sem baixas, Portugal aparece nesta fase final como a equipa a ‘abater’, com a Suíça a ser a primeira a ter essa possibilidade, quando se defrontarem na quarta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto.

A história bem recente com os helvéticos reforça ainda mais a candidatura da formação de Fernando Santos nesta competição, com Portugal a bater os suíços, por 2-0, em 2017, no Estádio da Luz, em Lisboa, naquela que foi uma verdadeira ‘final’ no caminho para estar na fase final do Mundial2018.

Apesar de ter falhado a qualificação, Cristiano Ronaldo desta vez não pediu dispensa e vai tentar colocar Portugal na final, perante uma Suíça que irá estar ‘orfã’ do seu capitão, o defesa Stephan Lichtsteiner, que jogou poucos minutos no Arsenal, mas que vai contar com a sua grande estrela, o extremo Xherdan Shaqiri, recentemente coroado campeão europeu com o Liverpool.

Apesar de não ter grandes tradições em competições internacionais, a Suíça chega a esta fase final após ter ‘derrubado’ a Bélgica, que é atualmente considerada uma das mais fortes equipas europeias.

A ‘renascida’ Holanda e a ‘perigosa’ Inglaterra vão estar atentos aos acontecimentos no Estádio do Dragão, já que disputam a outra meia-final, em Guimarães, num duelo em que os ingleses acabam por ter alguma vantagem, sobretudo devido à campanha que realizaram no último Mundial e também no próprio apuramento da Liga das Nações, em que eliminaram a Espanha.

Após uma fase conturbada, a Inglaterra aparece agora com uma nova geração, liderada pelo avançado Harry Kane, e que mostrou o seu valor no ano passado, na Rússia, quando alcançou as meias-finais, sendo apenas batida pela Croácia.

Se esse ‘cartão de visita’ não fosse suficiente, já na Liga das Nações, os ingleses foram a Espanha bater a seleção da casa, por 3-2 com um ‘festival’ de Sterling e Rashford, que também merecem destaque na equipa de Gareth Southgate.

Como ‘outsider’ aparece a Holanda, sobretudo devido à sua história recente, em que falhou o Euro2016 e Mundial2018, embora a equipa de Ronald Koeman, ex-técnico do Benfica, tenha recuperado algum respeito quando, para estar nessa fase final, deixou pelo caminho a Alemanha.

Em pouco tempo, Virgil van Dijk passou do defesa mais caro do mundo, quando foi contratado pelo Liverpool, a capitão da Holanda e a um dos melhores centrais da atualidade, numa ‘laranja mecânica’ que parece querer voltar aos velhos tempos, em grande parte por causa da nova geração do Ajax, com a formação de Amesterdão a ficar perto esta temporada da final da Liga dos Campeões.

Portugal, campeão europeu em título, defronta a Suíça nas meias-finais, na quarta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, em jogo com início às 19:45. Um dia depois, Inglaterra e a Holanda disputam a outra meia-final, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, também às 19:45.

Os vencedores disputam a final da primeira edição da Liga das Nações, em 09 de junho, no Estádio do Dragão, em encontro com início às 19:45, enquanto os vencidos decidem no mesmo dia a atribuição dos terceiro e quarto lugares, no Estádio D. Afonso Henriques, às 15:00.

Anúncio

Futebol

Alex Pinto e Juan Villa regressam aos convocados do Gil Vicente

Jogo com o Braga

em

Foto: Gil Vicente FC

Os regressos do defesa Alex Pinto e do médio Juan Villa constituem as novidades nos convocados do Gil Vicente para a receção ao Sporting Clube (SC) de Braga, no domingo, da terceira jornada da I Liga de futebol.

Alex Pinto, habitual dono da lateral-direita do emblema barcelense, falhou a deslocação ao terreno do Moreirense na última jornada (derrota por 3-0) devido a uma amigdalite, enquanto o centrocampista colombiano ainda procura os primeiros minutos oficiais na temporada.

Os dois futebolistas substituem o defesa Kellyton e o avançado Erick, que não constam do boletim clínico dos minhotos, ao contrário dos médios Bogdan Mladenovic e Claude Gonçalves.

O Gil Vicente, 11.º colocado, com três pontos, recebe o Braga, na nona posição, com o mesmo número de pontos em seis possíveis, no domingo, a partir das 20:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Lista dos 18 convocados:

– Guarda-redes: Wellington e Denis.

– Defesas: Alex Pinto, Rodrigo, Arthur, Vente, Rúben Fernandes e Nogueira.

– Médios: Soares, João Afonso, Juan Villa, Leonardo, Kraev e Ahmed Isaiah.

– Avançados: Lourency, Naidji, Samuel Lino e Sandro Lima.

Continuar a ler

Futebol

Sá Pinto espera em Barcelos dificuldades semelhantes às do FC Porto

Antevisão

em

Foto: DR / Arquivo

Ricardo Sá Pinto anteviu este sábado que o Sporting Clube (SC) de Braga vai ter em Barcelos dificuldades semelhantes às que o FC Porto sentiu, mas garantiu uma equipa para vencer, domingo, na terceira jornada da I Liga de futebol.

O Gil Vicente derrotou os ‘dragões’, em casa, na primeira jornada (2-1) e, também por isso, o treinador dos bracarenses está avisado.

“Prevejo um jogo difícil ao nível do que o FC Porto teve e que eles ganharam com muita alma e ambição”, afirmou.

Depois desse triunfo caseiro, o Gil Vicente perdeu com o Moreirense por 3-0, na ronda seguinte, mas Sá Pinto diz esperar um adversário com a postura do primeiro jogo.

“Vai ser difícil ganhar, mas esse é o nosso objetivo, espero que não haja casos. A nossa ambição é igual à dos nossos adeptos que, segundo sei esgotaram os bilhetes que lhes estavam reservados”, disse.

O treinador elogiou o Gil Vicente, “uma equipa histórica, que voltou à I Liga depois de muita luta e que faz dos seus jogos em casa a sua força porque galvaniza-se e é muito apoiada pelos seus adeptos”.

Os bracarenses jogaram quinta-feira com o Spartak de Moscovo, na primeira mão do ‘play-off’ de acesso à Liga Europa (vitória por 1-0) e vão fazer no domingo, diante do Gil Vicente, o sexto jogo em 17 dias.

“Sem dúvida que a sobrecarga de jogos não permite estar ao nível que queríamos, mas temos um plantel vasto e tenho várias opções para cada lugar. Dentro das características do jogo e da nossa equipa, vamos escolher uma equipa que achamos que está preparada”, disse o técnico.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, fez questão de incluir, no sábado, o Braga no lote de candidatos ao título, mas Sá Pinto rejeitou essa ideia.

“Agradeço ao Sérgio os elogios que fez à nossa equipa, fico muito honrado, mas quem estabelece os objetivos neste clube é o presidente e o treinador e eles já foram ditos várias vezes e não foram alterados. Enquanto eu cá estiver, serão sempre os mesmos até ao final”, afirmou.

O avançado Rui Fonte é o mais recente reforço dos bracarenses, naquele que é um regresso ao clube.

“É um jogador que conhece a nossa Liga e o nosso clube, já cá ganhou uma Taça de Portugal, tem experiência e mentalidade guerreira, pelo que tem todas as características e perfil para fazer parte deste clube”, avaliou.

A disponibilidade de Pablo, que saiu com queixas no jogo de quinta-feira, ainda é dúvida para tirar no treino que se seguiu à conferência de imprensa de antevisão.

SC Braga, nono classificado, com três pontos, e Gil Vicente, 11.º, também com três, defrontam-se no domingo, às 20:30, no Estádio Cidade de Barcelos.

Continuar a ler

Futebol

Depois de ‘pescar’ em Valência, Famalicão garante avançado do Milan

Tiago Dias a caminho de Famalicão

em

Foto: AC Milan

Tiago Dias, avançado de 21 anos que alinha nos italianos do AC Milan, é a mais recente contratação do FC Famalicão para atacar a permanência na I Liga.

Segundo o jornal A BOLA, os famalicenses asseguraram a contratação do jogador que, na temporada passada, esteve cedido ao SC Braga, onde alinhou na equipa B.

O avançado/extremo polivalente, formado no Sporting e no Benfica e que chegou a Milão em 2016, marcou três golos em 12 jogos pela equipa B do Braga, que não exerceu a opção de compra acordada com o Milan.

Os contornos do negócio com o Famalicão ainda não são conhecidos mas é público que o acordo entre Benfica e Milan assegura uma percentagem de 30% para os campeões nacionais.

Esta é já a segunda contratação sonante dos famalicenses, depois da aquisição de Uros Racic ao Valência por empréstimo.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares