Seguir o O MINHO

Alto Minho

Lar de Caminha pede brigada de intervenção rápida após surto com 46 infetados

Covid-19

em

Foto: DR

A direção lar do Bom Jesus dos Mareantes, em Caminha, requereu à Segurança Social uma Brigada de Intervenção Rápida para fazer face ao surto de covid-19 que infetou 37 utentes e nove funcionários, revelou hoje o presidente da Câmara.

Em declarações à agência Lusa, o socialista Miguel Alves informou que “a equipa, constituída por um médico e quatro assistentes operacionais, deverá apresentar-se na instituição na terça-feira”.

“Face às dificuldades que enfrenta por falta de recursos humanos, a direção do lar solicitou à Segurança Social uma Brigada de Intervenção Rápida”, referiu.

O autarca garantiu que o município de Caminha, no distrito de Viana do Castelo, “vai suportar as despesas com as dormidas dos cinco elementos da Brigada de Intervenção Rápida”.

“A instituição não solicitou pessoal de enfermagem. Estará bem servida nessa área”, referiu.

Segundo Miguel Alves, “dos 37 utentes infetados com o novo coronavírus, dois estão internados no hospital, mas não apresentam, até agora, um quadro clínico complexo”.

O autarca adiantou que “três funcionárias que tinham testado negado apresentaram hoje alguns sintomas”.

Surto infeta 37 utentes e nove funcionários em lar de Caminha

“As três funcionárias ficaram em casa e vão voltar a ser testadas”, acrescentou.

De acordo com os números avançados no domingo por Miguel Alves, dos 63 utentes testados, na última sexta-feira, 37 estão infetados e 26 negativos.

Do total de 36 funcionários da instituição, nove testaram positivo e 27 negativo.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.255.803 mortos em mais de 50,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.959 pessoas dos 183.420 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Anúncio

Alto Minho

Centenas de novos casos no Alto Minho. Ponte de Lima (+117) e Viana (+100) continuam a ‘galopar’

Boletim da ULSAM

Foto: Facebook / DR

Há 2.680 casos ativos no Alto Minho, mais 343 do que há dois dias, segundo o boletim da Unidade de Saúde Local do Alto Minho (ULSAM), atualizado às 19:00 de sexta-feira.

O distrito de Viana do Castelo soma, desde o início da pandemia, 10.103 casos, mais 662 nos últimos dois dias.

Contam-se ainda 7.248 recuperados, mais 217 em relação a segunda-feira.

Há a lamentar mais quatro óbitos, dois em Viana (total de 49), um em Caminha (23) e outro em Valença (7). No total, já morreram 175 pessoas desde o início da pandemia.

Viana do Castelo tem agora 789 casos ativos (+ 100 do que há dois dias), Ponte de Lima 512 (+ 117), Caminha 275 (+ 39), Arcos de Valdevez 322 246 (+ 76), Ponte da Barca 196 (+ 28), Valença 124 (+ 6), Melgaço 119 (+ 30), Monção 112 (+ 27), Paredes de Coura 80 (+ 13) e Cerveira 151 (+ 5).

Recorde-se que o distrito de Viana do Castelo é considerado pela ARS-Norte o “mais crítico neste momento” na região Norte.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Econtrada com vida (a 12 quilómetros de casa) mulher que desapareceu em Viana do Castelo

Buscas

Foto: DR

A mulher de 82 anos que estava dada como desaparecida desde a tarde desta sexta-feira foi encontrada com vida por uma sobrinha, e encontra-se bem de saúde.

Fonte da família disse a O MINHO que a senhora terá saído de casa, na zona da Abelheira, na cidade de Viana, e se terá desorientado, acabando por caminhar em “direção a Melgaço”.

Ao final da tarde, uma sobrinha que já andava há várias horas a percorrer ruas do concelho com uma viatura encontrou a senhora na zona de Afife, a cerca de 12 quilómetros da residência.

De acordo com a sobrinha, a senhora estaria desorientada e acabou por caminhar rumo a Norte. Neste momento está já em casa e encontra-se bem de saúde, consciente e cooperante.

Nas buscas participaram os Bombeiros Voluntários de Viana, os Bombeiros Sapadores de Viana, a PSP e vários familiares e populares que se mobilizaram para este desfecho feliz.

Continuar a ler

Viana do Castelo

Mulher desaparece em Viana. Polícia e bombeiros fazem buscas

Em Abelheira

Foto: Pedro Luís Silva / O MINHO (Arquivo)

ATUALIZAÇÃO

Econtrada com vida (a 12 quilómetros de casa) mulher que desapareceu em Viana do Castelo

Uma mulher de 82 anos está dada como desaparecida desde a tarde desta sexta-feira, em Viana do Castelo, apurou O MINHO junto de fonte das autoridades.

O alerta foi dado via Bombeiros de Viana que transmitiram a ocorrência às autoridades policiais.

Ao que apurou O MINHO, tanto os Voluntários de Viana como os Sapadores estão a proceder a buscas pela idosa na zona de Abelheira, nas imediações do monte de Santa Luzia, com apoio da PSP.

Não são conhecidas mais informações até ao momento.

O alerta foi dado às 17:29.

Continuar a ler

Populares