Seguir o O MINHO

Braga

“Kartódromo” rebate vereador da CDU e diz que não houve strip no “tunning”

em

Não chegou a haver meninas a tirar as roupas para gaúdio da multidão, ou seja, nada de arte erótica, vulgo “show de striptease“. A sociedade KIB- Karting Investimentos de Braga, SA rebateu, em comunicado enviado esta quarta-feira a O MINHO, as críticas feitas, segunda-feira, no final da reunião de Câmara, pelo vereador da CDU, Carlos Almeida, lamentando que o Município tenha apoiado uma concentração de automóveis modificados – vulgo tunning – que envolvia uma sessão de strip.

“O evento de tunning ocorrido no dia 11 de fevereiro de 2018 nas instalações do autódromo/kartódromo de Palmeira em Braga não teve qualquer show de striptease”, assegura o KIB, que agora tem o empresário e antigo vereador, Rui Lajes como diretor-geral.

O vereador comunista criticou o apoio municipal e a inserção do evento na Capital Europeia do Desporto de Braga. Baseou as suas declarações, na circunstância de, no cartaz do “tunning constar a sessão de strip, como é, de resto, usual em muitas das concentrações da modalidade ou das de motards. A mero título de divertimento, num evento essencialmente masculino.

No documento, o KIB salienta que “celebrou com a empresa Braga Internacional Car Show um contrato para a realização no dia 11 de um evento de tuning não tendo autorizado ou contratualizado a realização de quaisquer outras atividades ou eventos associados de outra natureza, desconhecendo a aludida publicidade a outro tipo de eventos.” Publicidade que, no caso, estava no cartaz do evento e no facebook, o que motivou as críticas do autarca.

E acrescenta o Kartódromo: “A sociedade KIB, na celebração de contratos com vista à realização de eventos nas suas instalações, tem sempre presente a finalidade para que as mesmas se encontram vocacionadas, mais concretamente relacionadas, com o desenvolvimento e prática de desportos motorizados”, acentua.

Populares