Seguir o O MINHO

Ave

Juiz liberta mulher que terá ateado fogo ao quarto para se matar com os filhos em Guimarães

em

Foto: GMRTV

Uma mulher de 31 anos, detida pela Polícia Judiciária (PJ) no sábado passado, em Guimarães, suspeita de atear fogo ao quarto para se matar com os filhos menores, foi esta segunda-feira ouvida no Tribunal Judicial daquela comarca, tendo-lhe sido decretada a obrigatoriedade de se apresentar três vezes, por semana, num posto policial e a proibição de contactar com o marido.

No sábado passado, a mulher ter-se-à trancado com o filho de três anos e a filha de 23 meses naquela divisão da casa, em Mesão Frio, na sequência de um discussão com o marido, antes de lançar as chamas.

Alertados pelo fumo, os vizinhos chamaram os bombeiros locais, que conseguiram salvar a mãe e os dois filhos, tendo ainda evitado que as chamas se propagassem a outros compartimentos e apartamentos vizinhos.

Mãe e filhos foram transportados ao Hospital da Senhora da Oliveira, na cidade de Guimarães, devido às inalação de fumos, tendo a mulher recebido alta, à noite. Quando regressou a casa foi imediatamente detida pela PJ, suspeita daquele ato, sendo presente a tribunal esta segunda-feira.

 

Anúncio

Guimarães

Homem de Guimarães testou negativo para o coronavírus

Covid-19

em

Foto: Portal do Serviço Nacional de Saúde

O homem de Guimarães que apresentava sintomas suspeitos de ter contraído Covid-19 (coronavírus) testou negativo, anunciou a Direção Geral de Saúde no seu site oficial, pelas 22:05 desta terça-feira.

Em despacho assinado por Graça Freitas, diretora-geral da Sáude, é dado conta de que “o 16.º caso suspeito de infeção por novo Coronavírus (COVID-19), um doente que foi encaminhado hoje para o Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ), teve resultado negativo após realização de análises laboratoriais pelo CHUSJ, com duas amostras biológicas negativas”.

O homem tinha viajado de Milão para Portugal e foi considerado suspeito de estar infetado com o coronavírus Covid-19 e encaminhado para o Centro Hospitalar Universitário de São João.

Este foi o 16.º caso suspeito de Covid-19 em Portugal e tornou-se suspeito de estar infetado “após avaliação clínica e epidemiológica”.

De acordo com a mesma fonte, o doente ficou internado durante todo o dia para colheitas de amostras biológicas para análise pelo hospital de São João, no Porto.

O caso anterior (15.º) também se referia a uma pessoa que viajou de Milão, neste caso uma mulher, que também foi encaminhada para o Centro Hospitalar Universitário de São João, e que também deu negativo.

Os restantes 14 casos suspeitos no país resultaram negativos após análises.

Existe já um 17.º caso suspeito, também de um homem que regressou de Milão, estando internado no INSA, em Lisboa.

Até agora, o único caso conhecido de um português infetado pelo novo vírus é o de um tripulante de um navio de cruzeiros que está hospitalizado no Japão.

Em termos globais, o balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2.707 mortos e cerca de 80.300 pessoas infetadas, de acordo com dados reportados até hoje, por cerca de 30 países.

Além de 2.665 mortos na China, onde o surto começou no final do ano, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Continuar a ler

Guimarães

Caso suspeito de coronavírus em Guimarães

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

Um homem, que terá regressado de uma feira de calçado em Milão, Itália, é suspeito de ter sintomas que apontam para o vírus Covid-19 (coronavírus). O utente já foi sinalizado, ontem à noite, pela Direção-Geral de Saúde.

A informação é avançada pela SIC Notícias, que dá conta da ida direta desse homem para o Hospital de São João, no Porto, uma das duas unidades do país onde é feito o rastreio a este vírus.

Este é o 16.º caso suspeito em Portugal, sendo que 14 anteriores deram negativo e outro encontra-se em análise.

Na passada segunda-feira, o coronavírus já tinha feito 2.619 vítimas mortais e 79.360 pessoas infetadas em todo o Mundo.

Na última madrugada a Coreia do Sul e Itália anunciaram mais três mortes e 161 novas infeções.

Continuar a ler

Ave

Famalicão voltou com a maior noite de Carnaval de Portugal

Festa

em

Foto: Facebook do Município de Famalicão / DR

Famalicão recebeu milhares de foliões para a sua já famosa noite de Carnaval, atraindo mascarados e foliões, não só do concelho, como também, de outras zonas do Norte do país.

A animação ficou a cargo do Grupo Musical Terceira Dimensão e de DJ’s instalados em vários pontos da cidade.

O evento começou a ser organizado, nos anos 80, por um grupo de foliões famalicenses e é já um dos mais notórios carnavais no território nacional.

A festa durou até de manhã mantendo a tradição dos anos anteriores.

Continuar a ler

Populares