Seguir o O MINHO

Vila Verde

JSD nacional celebrou aniversário com “festival político” na praia do Faial em Prado

em

Foto: Facebook de Luís Carvalho

A Juventude Social Democrata (JSD) assinalou o seu 44.º aniversário com um “festival político”, ao qual chamou J Summer Fest, este sábado, na praia fluvial do Faial, junto ao rio Cávado, na Vila de Prado, concelho de Vila Verde.

Na iniciativa dos jotas estiveram presentes, entre outros, Rui Rio, líder do PSD, Margarida Balseiro Lopes, presidente da estrutura nacional da JSD, José Manuel Fernandes, eurodeputado e ex-presidente da Câmara Municipal de Vila Verde e os deputados Rui Silva, também de Vila Verde, Hugo Soares, de Braga, e Jorge Paulo Oliveira, de Vila Nova de Famalicão, todos eleitos pelo círculo de Braga.

A iniciativa, organizada pela primeira vez, contou com campismo gratuito, música, gastronomia regional, praia, desportos náuticos, jogos interativos e atividades políticas.

Rui Rio falou do Orçamento do Estado, de Saúde e de Justiça

Foto: DR

No discurso político, Rui Rio falou do Orçamento de Estado para 2019, sublinhando que só é a favor ou contra aquilo que conhece.

“Podem dizer o que quiserem, eu repito o que digo desde pequenino: não sou a favor nem contra aquilo que desconheço. Eu só sou a favor ou contra aquilo que conheço”, referiu em Vila Verde.

Rio acusou ainda o Governo de “irresponsabilidade total” com a redução para 35 horas semanais de trabalho no setor da saúde, sublinhando que quem sofre com a medida são os utentes do Serviço Nacional de Saúde.

Para Rui Rio, o Governo decidiu reduzir para as 35 horas apenas para ser “simpático” com o Bloco de Esquerda e o PCP, os partidos que viabilizam o atual Governo.

“Somos simpáticos para algumas pessoas e depois o Governo foi antipático para milhões de pessoas, que são os utentes do Serviço Nacional de Saúde”, referiu, acrescentando que esta é “a prova evidente de que esta solução governativa é algo pesada para os portugueses a diversos níveis”.

“O Governo vende a ideia de milagre económico e não há milagre nenhum. E ainda por cima há esta desorganização dos serviços e ainda por cima num setor essencial, como é o Serviço Nacional de Saúde. É muito mau”, defendeu.

Por fim, o líder dos sociais-democratas afirmou que o partido está a “desenhar” uma proposta de reforma da Justiça, para depois ser “trabalhada” por todos os outros partidos de forma a conseguir-se “o maior consenso possível”.

“Espero que todos os partidos estejam imbuídos deste espírito da necessidade de, de uma vez por todas, Portugal arrancar com uma reforma da Justiça”, afirmou.

Para já, o PSD, está a fazer um “diagnóstico” da Justiça, para apontar os objetivos que se pretende alcançar e concertar medidas com os restantes partidos.

“Todos falamos da reforma da Justiça, mas depois, às vezes, estamos todos a falar de coisas diferentes ou a falar de nada”, criticou.

Avisou que a reforma não será para se fazer “em 30 dias nem em 60”, mas sim “com tempo, uma coisa demorada”.

“A última coisa que pretendemos é ser polémicos, nem dentro do PSD nem fora dele. O que queremos é ser o mais consensuais possível, porque estamos a falar de uma reforma vital para Portugal e para o futuro da democracia”, rematou.

Anúncio

Braga

Levantada interdição de praias fluviais em Braga e Vila Verde

Merelim São Paio e Faial

em

Foto cedida a O MINHO

As praias fluviais de Merelim S. Paio, em Braga, e do Faial, em Vila Verde, interditadas a banhos desde quarta-feira devido à presença da bactéria E.Coli na água já estão reabertas, disse hoje à Lusa fonte autárquica.

Em declarações à Lusa, o vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Braga, Altino Bessa, confirmou que as análises conhecidas hoje já não detetaram a presença daquela bactéria.

“As praias já foram reabertas a banhos com base nos resultados hoje conhecidos que já não detetam a bactéria E.Coli e, portanto, a Agência Portuguesa do Ambiente já autorizou a reabertura das praias, algo que fizemos de imediato”, explicou.

Na quinta-feira, Altino Bessa explicou que “a experiência” o faz acreditar que o problema “terá tido origem em descargas nas fossas feitas para o rio Homem”.

Segundo o responsável, “a câmara [de Braga] está a aguardar o resultado das análises à água recolhida quarta-feira para saber se ainda persiste o problema” na praia de Merelim, sendo que a E.Coli foi detetada “numa das análises que a autarquia faz todas as semanas” às águas das suas praias fluviais.

“Diz-me a experiência que isto resulta de descargas ilegais que alguém fez, aproveitando as chuvas, para um dos braços do rio Homem, que desagua no Cávado. Foi verificada a presença desta bactéria nesta praia, em Vila Verde também, mas nas [praias] acima daquele braço do Homem já não”, explicou Altino Bessa.

Continuar a ler

Braga

Em Vila Verde ainda se malha centeio à moda antiga

Em Aboim da Nóbrega

em

Foto: Divulgação / CM Vila Verde

A população da freguesia de Aboim da Nóbrega e Gondomar, no concelho de Vila Verde, voltou a recriar uma malhada tradicional de centeio naquela freguesia, onde dezenas de habitantes “deram ao malho” pela tradição.

Este sábado foi dia de “Rota das Colheitas”, um programa da Câmara de Vila Verde onde são recriados usos e costumes pelas aldeias do concelho.

Foto: Divulgação / CM Vila Verde

Espalhado pela eira de pedra, no lugar do Souto, o centeio foi acomodado enquanto, ao redor, se provava vinho verde e a broa de milho, ao som do Rancho Folclórico Típico das Lavradeiras de Aboim da Nóbrega.

De acordo com o município, “o público não precisa de ficar só a ver, também pode participar nas iniciativas”. E muitos seguiram o mote, pegando no “malho” para recordar outros tempos.

Foto: Divulgação / CM Vila Verde

João Fernandes, presidente da Junta, recorda que “é importante manter estas tradições ancestrais e mostrar aos mais novos como as coisas eram antigamente”.

António Vilela, presidente da Câmara de Vila Verde, sublinha a importância de “manter estas tradições da Rota das Colheitas, como as malhadas, as desfolhadas… porque tudo isso faz parte do nosso passado, da nossa história e da nossa cultura”.

Foto: Divulgação / CM Vila Verde

A Malhada do Centeio foi organizada pela Junta de Freguesia de Aboim da Nóbrega e Gondomar e integrou a programação Na Rota das Colheitas, do Município de Vila Verde.

Continuar a ler

Vila Verde

Choque aparatoso faz três feridos em Vila Verde

Em Covas

em

Foto cedida a O MINHO por Luís Cação

Um choque aparatoso entre duas viaturas resultou em três feridos, durante a tarde desta segunda-feira, em Covas, concelho de Vila Verde.

A colisão deu-se na Estrada Nacional 101, com o alerta a ser dado pelas 18:29.

Para o local deslocaram-se vários meios dado o aparato inicial do acidente, incluindo uma viatura de desencarceramento que acabou por não ser utilizada, disse a O MINHO Luís Morais, comandante em exercício nos Bombeiros de Vila Verde.

Foto cedida a O MINHO por Luís Cação

Por entre os feridos, um homem de 89 anos inspirava maiores cuidados, sofrendo algumas escoriações e hematomas, sendo transportado para o Hospital de Braga.

As outras duas vítimas, uma mulher na casa dos 40 anos e um adolescente, foram transportados para o Hospital de Braga por precaução.

A GNR de Vila Verde registou a ocorrência.

Ao local deslocaram-se VMER de Viana do Castelo, SIV de Arcos de Valdevez, Bombeiros de Ponte da Barca, Bombeiros e GNR de Vila Verde.

Continuar a ler

Populares