Seguir o O MINHO

Braga

JSD: “Braga é hoje uma cidade de oportunidades onde todos os dias se acelera o futuro”

em

Ricardo Rio na receção a Angela Merkel, chanceler alemã, em Braga. Foto: Divulgação / CM Braga

A concelhia de Braga da Juventude Social Democrata (JSD) vem esta semana a público “congratular e aplaudir” a Câmara Municipal de Braga, a InvestBraga e os empresários bracarenses “pelos excelentes resultados económicos registados no concelho entre 2013 e 2017”.


A exultação surge após a visita da chanceler alemã, Angela Merkel, à cidade, onde inaugurou o novo Centro de Investigação e Desenvolvimento da Bosch, acompanhada pelo Primeiro-Ministro português, António Costa, e à terceira Semana da Economia, que teve lugar nos passados dias 21 a 25 de maio, onde a InvestBraga apresentou um balanço sobre a atividade económica do concelho, com destaque para a afirmação de que Braga é o terceiro maior exportador nacional.

João Alcaide, presidente da JSD/Braga. Foto: Divulgação

Nas palavras de João Alcaide, presidente da estrutura, “os dados económicos referentes ao concelho de Braga, no período de 2013 a 2017, são tão expressivos, evidentes e notórios, que falam por si próprios”.

“Braga tem-se afirmado e elevado, nos últimos anos, como uma referência a todos os níveis no que à inovação, investimento e desenvolvimento económico diz respeito. Os números anunciados no Fórum Económico, levado a efeito no âmbito da terceira Semana da Economia, bem como a presença de Angela Merkel para a inauguração do novo Centro de Investigação e Desenvolvimento da Bosch, são circunstâncias paradigmáticas do excelente trabalho que tem sido desenvolvido em Braga”, aponta.

Alcaide, que sucedeu ao atual vereador João Rodrigues na liderança da jota, apresenta números.

“No intervalo de 2013 a 2017, em termos de emprego, foram criados mais de 8 mil postos de trabalho, tendo o desemprego assinalado uma redução de mais de 50%. Relativamente às exportações, as mesmas cresceram 35% no ano passado, tendo Braga, de acordo com o INE, sido o sétimo município do país com maior volume de exportações (1,5 mil milhões de euros); aliás, o terceiro concelho mais exportador a nível nacional, se imputadas as exportações geradas na cidade pela APTIV (ex-Delphi), cuja sede ainda se encontra em Lisboa (2011 milhões de euros). Em relação ao PIB local, este cresceu 3,9% de média anual, 1% acima da média da Península Ibérica. Todos estes indicadores falam por si mesmos, e posicionam Braga como um motor de desenvolvimento económico nacional.”

Para o presidente da JSD Braga, estão de parabéns Ricardo Rio, a Câmara Municipal de Braga, a InvestBraga e os empresários bracarenses “por estes excelentes resultados económicos, que fazem de Braga a sede nacional da inovação e do investimento”.

“O espírito proativo e empreendedor promovido pelo Presidente da Câmara Municipal, assim como uma gestão municipal sustentada na abertura e na concertação entre os vários agentes e parceiros económicos, assumem-se como fatores fundamentais para a criação de um clima económico favorável e atrativo e, consequentemente, para um concelho próspero, no qual é bom morar, trabalhar, visitar e investir”, refere, acresentando que “para além dos indicadores já referidos anteriormente, essencial tem sido a alocação, por parte do executivo camarário liderado por Ricardo Rio, deste desenvolvimento económico à melhoria da qualidade de vida em Braga e dos bracarenses, das freguesias à gestão do espaço público, do património ao ambiente, da cultura ao desporto, e da juventude às políticas sociais. Braga é, hoje, uma cidade qualificada, inovadora, solidária e de oportunidades.”

“Braga é, hoje, uma cidade cosmopolita, enérgica e empreendedora, onde todos os dias se acelera o futuro”, conclui a JSD.

Anúncio

Braga

Associação desafia Ricardo Rio a ir de casa para o trabalho de bicicleta em Braga

Braga Ciclável

em

Foto: Divulgação / CM Braga (Arquivo)

Fazer as viagens de casa até aos Paços do Concelho de bicicleta elétrica foi o desafio deixado ao presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, por parte da associação Braga Ciclável.

Através das redes sociais, a Braga Ciclável desafia o edil a utilizar uma das bicicletas elétricas que o Município de Braga tem à disposição para utilização dos funcionários.

A associação propõe apenas a deslocação casa-trabalho e trabalho-casa, ficando ao critério do autarca outro meio preferencial nas restantes deslocações a efetuar durante a semana.

“Ao fim de uma semana, e a utilizar a bicicleta nas avenidas que compõem a Rodovia, a Avenida 31 de Janeiro ou a Avenida da Liberdade – na estrada e porque terá que passar em partes destas Avenidas para realizar as suas deslocações – perceberá a necessidade de implementar o projeto aprovado em dezembro de 2017 no executivo municipal”, diz a Braga Ciclável.

“O que propomos é algo que na Câmara Municipal de Lisboa já acontece: o presidente Fernando Medina tem utilizado a bicicleta em algumas deslocações, apercebendo-se de problemas e sentindo a cidade de uma forma diferente”, finalizam.

Contactado pela Rádio Universitária do Minho, o autarca não quis comentar o desafio.

Continuar a ler

Braga

Covid-19: Mais dois infetados e seis recuperados no concelho de Braga

Covid-19

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

O concelho de Braga registava, até ás 18:00 horas desta terça-feira, 1.399 casos acumulados de infetados com covid-19 desde o início da pandemia, mais dois do que nos últimos sete dias, apurou O MINHO junto de fonte local da saúde.

Destes, 1.303 já estão recuperados, mais seis do que na última semana, lamentando-se ainda os mesmos 74 óbitos. Existem, atualmente, 24 casos ativos de covid-19 em todo o concelho de Braga.

Estes dados são apurados por O MINHO junto de fonte local do setor da saúde e não coincidem com os divulgados pela Direção-Geral de Saúde, no qual Braga regista há várias semanas o mesmo número de casos. A DGS já veio a público admitir que os dados não têm sido atualizados, devendo essa atualização ocorrer em breve.

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a segunda-feira, e mais 287 casos de infeção confirmados, dos quais 207 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o relatório da DGS.

De acordo com o boletim epidemiológico diário, o total de óbitos por covid-19 desde o início da pandemia é agora de 1.629 e o total de casos confirmados é de 44.416.

Há 29.445 casos recuperados, mais 279.

Continuar a ler

Braga

Temperatura máxima desce 7 graus em Braga esta quarta-feira (mas volta a subir na quinta)

Estado do tempo

em

Foto: DR

A temperatura máxima para a região de Braga vai descer sete graus entre terça e quarta-feira, segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Nesta terça-feira, os termómetros registaram a temperatura máxima de 34 graus no concelho de Braga, descendo para 27 graus já amanhã.

Contudo, as temperaturas voltam a subir na quinta-feira, com uma subida de 10 graus, esperando-se 37 no concelho de Braga.

Já o distrito de Viana também regista uma descida da temperatura máxima na quarta para voltar a subir na quinta-feira.

Continuar a ler

Populares