Seguir o O MINHO

Ave

Jovens de Famalicão suspeitos de violação em Espanha libertados sob caução

Justiça

em

Advogado dos suspeitos. Foto: Jornal El Comercio

Os dois jovens de Famalicão acusados de violarem duas jovens em Gijon, Espanha, foram libertados pelo tribunal, sob o pagamento de uma caução de cinco mil euros. Estavam presos desde julho.

Como O MINHO noticiou, em finais de julho, quatro jovens de Famalicão, que estavam de férias em Espanha, foram detidos por suspeitas de violação, em grupo, contra duas espanholas, nas Astúrias.

Foram acusados de de violação coletiva de duas jovens espanholas de 22 e 23 anos, uma de Gijon e a outra do País Basco. Os jovens negam as acusações de abuso sexual, assumindo, no entanto, que mantiveram relações sexuais com as alegadas vítimas.

O Ministério Público pediu a prisão preventiva para dois dos quatro jovens.

Os quatro jovens, com idades entre 20 e 30 anos, são do concelho de Famalicão e afirmam estar inocentes e que tudo se passou sem qualquer tipo de violência e com total consentimento das duas jovens.

Um engenheiro informático, um camionista e mais dois arguidos com estudos superiores são os quatro suspeitos.

Oadvogado espanhol Germán Ramón Inclán, que defende os quatro arguidos, dois dos quais – Alberto C. e Diego M. – que estavam até agora em prisão preventiva, desmente que “os atos sexuais tenham sido forçados”, afirmando mesmo que “foram inteiramente consentidos”.

Populares