Seguir o O MINHO

Cávado

Jovem que morreu em Esposende estudava medicina e jogava rugby

Óbito

em

Foto: Facebook

O jovem de 19 anos que morreu na sequência de uma queda contra uma porta de vidro na casa onde passava o fim de semana com um grupo de amigos, na madrugada de sábado, em Ofir, Esposende, estudava medicina no Porto e jogava rugby.

Francisco Durão era atleta federado e jogava no CDUP (Centro Desportivo e Universitário do Porto), que na sua página de Facebook lamentou a morte e endereçou as condolências à família do atleta.

“Hoje a família CDUP ficou mais pobre”, lê-se na publicação.

Também a Federação Portuguesa de Rugby lamentou “profundamente a partida do atleta” numa publicação partilhada nas redes sociais.

Como O MINHO noticiou, o jovem de 19 anos que estaria a passar o fim de semana com um grupo de oito amigos numa casa em Esposende faleceu na madrugada deste sábado após ter sofrido uma queda contra uma porta de vidro.

A Polícia Judiciária de Braga e o Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Barcelos estiveram no local e, segundo o Correio da Manhã e o Jornal de Notícias, descartam a hipótese de crime.

Acidente ou brincadeira que acabou em tragédia são as hipóteses para que apontam as autoridades.

Jovem de férias em Esposende morre em queda contra porta de vidro

O alerta para a ocorrência foi dado à 01:19.

A vítima “foi contra um vidro de uma porta da casa de banho, que lhe provocou um corte por baixo do braço”,  explicou a O MINHO, o adjunto dos Bombeiros Voluntários de Fão, Jorge Santos.

“Ficou com uma hemorragia abundante que não foi possível controlar, porque o corte era muita grande. Entrou em paragem cardiorrespiratória e não foi revertida”, acrescentou a mesma fonte.

A unidade de psicólogos do INEM esteve no local a prestar apoio aos amigos em estado de choque após assistirem à tragédia.

Populares