Seguir o O MINHO

Braga

Jovem bailarina Carolina Costa recebe voto de louvor da Assembleia da República

Com apenas 12 anos, a bailarina de Braga volta a ser reconhecida pelo país

em

Foto: DR/Arquivo

A bailarina bracarense Carolina Costa recebeu hoje um voto de louvor da Assembleia da República pelas três medalhas de ouro conquistadas nos Estados Unidos, durante o Ballet Beyond Borders Grand Prix Dance Challenge, importante competição que decorreu entre 09 a 12 de janeiro, em Missoula, cidade do estado de Montana.

O Voto de Louvor apresentado pela bancada do CDS no Parlamento foi aprovado por unanimidade.

Divulgação

Na competição em solo norte-americano, a prodigiosa bailarina de apenas 12 anos foi primeira classificada em Solo contemporâneo “All is full of Love”, Solo Clássico “Le Corsaire” e Pas de Deux “Flames of Paris” com Francisco Gomes, no escalão student (estudante).

Desta forma a prodigiosa bailarina conseguiu o primeiro lugar em todas as categorias em que competiu e viu o seu nome inscrito na galeria de vencedores desta competição, juntando-se a grandes bailarinos de várias países, como Canadá, Coreia do Sul, China, EUA, México, Itália, Roménia, entre outros.

Jovem bailarina Carolina Costa conquista mais três medalhas de ouro nos Estados Unidos

Recorde-se que esta bailarina bracarense, que se mudou recentemente da Ent’artes – Escola de Dança de Braga para o Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchez, já havia recebido, no inicio do mês de junho de 2018, um voto de louvor da Assembleia da República pela sua carreira.

Sobre Carolina Costa

Foto: Divulgação

Carolina Costa nasceu em Braga em outubro de 2006, com apenas três anos iniciou o seu percurso na dança. Aos oito anos integrou a Ent’artes – Escola de Dança de Braga, tendo já participado em vários saraus, eventos e espetáculos. Em Junho de 2018 muda-se para o Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez em Leiria.

Prémios em Concursos e Festivais

Vencedora do Prémio Jovens Talentos de Braga, na Gala realizada em Setembro de 2017 no Theatro Circo.

Em 2016 iniciou a participação em competições, tendo sido sempre premiada ou medalhada nos vários concursos onde participou, nomeadamente:

Leiria Dance Competition, Leiria, Março de 2016: Medalha de Bonze, categoria solista contemporâneo

Norte Festival Dança, Porto, Abril de 2016: Medalha de Prata, categoria grupo livre

Dance World Cup semi finals, Figueira da Foz, Fevereiro de 2017: Medalha de bronze, categoria de quarteto clássico / Medalha de prata, categoria grupo de contemporâneo

Norte Festival Dança, Porto, 22 e 23 de Abril de 2017: Medalha de Prata, categoria de trio clássico / Medalha de Bronze, categoria de trio clássico / Medalha de Prata, categoria de dueto clássico / Prémio especial: World All Dance International Orlando, 2017 apurada pelo terceiro lugar obtido no Festival

Leiria Dance Competition, Figueira da Foz, 29, 30 de Abril e 1 de maio de 2017: Medalha de Bronze, categoria de solista clássico / Medalha de Ouro, categoria de solista contemporâneo / /Medalha de Ouro, categoria Trio Clássico “Pas de Trois do Quebra Nozes” / Medalha de Prata, categoria grupo clássico “Papaguenos” / Medalha de Ouro, categoria grupo contemporâneo “Alma Mater” / Medalha de Prata, categoria grupo contemporâneo “Schindler’s List” / Prémio especial melhor solista contemporâneo (divisão A)

Concurso Internacional de Bailado, Porto, 19, 20 e 21 de Maio de 2017: Medalha de Ouro, categoria grupo de contemporâneo “Alma Mater” / Medalha de Prata, categoria solista contemporâneo / Medalha de Bronze, categoria trio de clássico “Pas de Trois Quebra-Nozes” / Medalha de Bronze, categoria grupo clássico “Papaguenos” / Prémio especial melhor solista eleita pelo público (Prémio Ballet Rosa)

Dance World Cup, Offenburg, Alemanha, 23 de Junho a 1 Julho de 2017: Medalha de Bronze, categoria grupo de contemporâneo “Alma Mater”

YAGP (Youth America Grand Prix) Semi-Final Europeia, Paris, 8 a 12 de Novembro 2017 – Top 12 na categoria Pré-Competitivo como solista em contemporâneo, 3º lugar em Pas de Deux – Harlequinade.

Tanzolym 2018 – Final, Berlim, 16 a 19 de Fevereiro de 2018 – 2º Lugar em Pas de Deux Clássico – Harlequinade

Dançarte Algarve International Dance Compettition – Faro, Abril 2018 – Medalha de Bronze em Dueto Clássico “Dueto para Handell” com Diana Faria.

Concurso Sonhos nos Pés, Braga, Abril 2018 – 2º Lugar com a coreografia Neoclássica “Luna Llena” em dueto com João Pedro Freitas.

Concurso Internacional de Bailado, Porto, 11, 12 e 13 de Maio 2018: Medalha de Ouro, categoria de Dueto Clássico “Dueto para Handell” / Medalha de Bronze, categoria de PAs de Deux “Pas de Deux Harlequinade” / Medalha de Bronze, categoria de Grupo Clássico “PAs de Quatre Swan Lake”

Dance World Cup, Barcelona, Espanha, 22 a 30 de Junho de 2018:
Medalha de Ouro, Coreografia “Amanhecer” em Children Ballet Group Any Style / Medalha de Ouro, Coreografia “Mosquito Tweeter” em Senior Large Group Modern / Medalha de Prata, Coreografia “Suite do Corsário” em Junior
Small Group Ballet / Medalha de Ouro, Coreografia “Vozes da Primavera” em
Junior Large Group Classical Ballet / Medalha de Ouro, Coreografia “Seguidillas de Don Quixote” em Senior Large Group Classical Ballet

Youth America Grand Prix – Semi-final, Paris, 11 a 14 de Novembro de 2018 – Medalha de Ouro em Ensemble – Coreografia “Fairy Doll”, sendo que as restantes 3 coreografias de grupo apresentadas ficaram no TOP 12 e foram apuradas para a final que se realiza em Nova Iorque em Abril de 2019.

Youth America Grand Prix – Semi-Final, Barcelona, 6 a 9 de Dezembro de 2018 – 2º Lugar em Pas de Deux Clássico com Francisco Gomes – “Flames of Paris” / Medalha de Ouro nas 4 coreografias de grupo apresentadas e consequente apuramento para a final que se realiza em Nova Iorque em Abril de 2019.

Votos de Louvor

Como reconhecimento das conquistas alcançadas durante a sua ainda curta carreira como bailarina, foram-lhe atribuídos os seguintes votos de louvor/saudação:

Voto de Saudação Nº 595/XIII
da Assembleia da República, apresentado pelo Grupo Parlamentar do PSD e aprovado por unanimidade a 12 de Julho de 2018.
Voto de Louvor Nº 586/XIII da Assembleia da República, apresentado pelo Grupo Parlamentar do CDS-PP e aprovado por unanimidade a 6 de Julho de 2018.
Voto de Louvor da Câmara Municipal de Braga, aprovado por unanimidade a 20 de Novembro de 2017 pela participação na meia final europeia do YAGP.

Voto de Louvor da Câmara Municipal de Braga aprovado por unanimidade a 8 de Março de 2018 pela participação na Final do Tanzolymp.

Bolsas de Estudo

Nos últimos dois anos foi também admitida por audição e com bolsa de estudo nas seguintes escolas de ballet:

Royal Ballet School, Londres – Intensive Summer School, verão de 2016 e 2017

École de la Ópera National de Paris – Summer School em julho 2017

Bolshoi Ballet Academy, Connecticut – Summer Intensive Course no verão de 2017

American Ballet Theater (ABT), Nova Iorque – Summer School no verão de 2017

Conservatório Privado de Portugal – Academia Annarella Sanchez – Curso de verão 2017

Companhia Instável – Campo de Férias 2017

Bolshoi Ballet Academy, Connecticut – Summer Intensive Course no verão de 2018 (3 Semanas)

Conservatório Internacional de Ballet e Dança Annarella Sanchez – Curso de verão 2018 (4 semanas)

Ballet Heritage Summer Academy São Petersburgo – Curso de verão 2018 (3 semanas)

Anúncio

Braga

Condutor que atropelou ciclista em Braga continua em fuga e arrisca pena de prisão até 2 anos

Crime

em

Imagem via Google Maps

O condutor que atropelou um ciclista num dos túneis da Avenida Imaculada Conceição, na cidade de Braga, ainda não se entregou às autoridades, apurou O MINHO junto de fonte da PSP.

O MINHO sabe que a PSP está a tentar apurar a identidade do homem mas a ausência de testemunhas não permite uma maior agilização do processo. O carro seguiria em excesso de velocidade no túnel da intersecção com a Avenida João XXI quando terá abalroado um ciclista de 65 anos, projetando a vítima. Recorde-se que o ciclista circulava legitimamente naquela infraestrutura.

O acidente ocorreu por volta das 10:30 da manhã de domingo, com a vítima a ser assistida no local pelos Bombeiros Voluntários de Braga e transportada de urgência para o Hospital de Braga, onde deu entrada com ferimentos graves.

Já o condutor do veículo automóvel colocou-se em fuga não prestando assistência, incorrendo em crime de omissão de auxílio após acidente criado pelo próprio, punível com pena de prisão até dois anos ou multa até 240 dias.

Continuar a ler

Braga

Vila Verde: Bênção dos animais de Mixões da Serra cancelada pela primeira vez em 400 anos

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

A Confraria de Santo António Mixões da Serra, freguesia de Valdreu, concelho de Vila Verde, anunciou hoje que foram canceladas a tradicional e secular bênção dos animais, agendada para 07 de junho, assim como as festividades em honra de Santo António de Mixões da Serra, no dia 13 de junho.

“É com enorme pesar e tristeza, mas com um grande sentido de responsabilidade social”, que a Confraria de Santo António de Mixões da Serra, informa que, atendendo ao contexto de contenção da pandemia covid-19 e de acordo com as normas emanadas pela Direção-Geral da Saúde e pela Conferência Episcopal Portuguesa, pela primeira vez na história, as festas serão canceladas.

De acordo com informação disponibilizada no ‘site’ da Câmara de Vila Verde, manter-se-ão as celebrações da eucaristia, com as devidas precauções e restrições obrigatória, no dia 07, pelas 15:00 (dentro do Santuário com transmissão áudio para o exterior) e no dia 13, pelas 11:00 (eucaristia campal, no recinto do Santuário.)

As habituais procissões e toda a programação de animação não se realizarão tendo em conta comunicado da Comissão Episcopal Portuguesa”, que refere que “procissões, festas, concentrações religiosas, acampamentos e outras atividades similares passíveis de forte propagação da epidemia ficarão adiados para o próximo ano pastoral”.

Continuar a ler

Braga

Mulher morre soterrada em Vieira do Minho

Em Cantelães

em

Foto: Eduardo Ferreira / Rio Longo e Notícias

Uma mulher de 71 anos perdeu a vida na sequência de uma derrocada de terra depois da queda de um muro, esta quarta-feira, no quintal onde procedia a arrumos de lenha, em Vieira do Minho.

Foto: Eduardo Ferreira / Rio Longo e Notícias

O acidente ocorreu no lugar de Cabine, freguesia de Cantelães, mobilizando os Bombeiros de Vieira do Minho, VMER de Braga e GNR.

Foi necessária a utilização de uma máquina para remover a terra e as pedras do muro, de grande porte, para retirar o corpo debaixo dos escombros.

O óbito foi declarado ainda no local pela equipa médica da VMER.

A GNR registou a ocorrência.

(notícia atualizada às 15h01 com mais informação)

Continuar a ler

Populares