Seguir o O MINHO

Ave

Jorge Moreira da Silva é o cabeça de lista do PSD em Braga

em

Jorge Moreira da Silva, natural de Famalicão, é o cabeça de lista do PSD às Legislativas, pelo distrito de Braga.

Segundo nota divulgada pelo PSD:

Jorge Moreira da Silva tem 42 anos, é casado e tem 3 filhos.

É licenciado em Engenharia Electrotécnica (área de Energia) pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com uma pós-graduação em Alta Direção de Empresas pela AESE/IESE Business School da Universidade de Navarra, sendo consultor internacional e docente universitário na área do ambiente e energia.

Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e da Energia. Foi, desde abril de 2010, Vice-Presidente do PSD.

Em Abril de 2012, foi eleito primeiro Vice-Presidente e coordenador da Comissão Permanente da Comissão Política Nacional do PSD, cargo que exerceu até tomar posse como membro do Governo.

Foi, desde Outubro de 2011, fundador e Presidente do think tank Plataforma para o Crescimento Sustentável que integra 400 membros, repartidos por 27 grupos de trabalho.

Coordenou o «Relatório para o Crescimento Sustentável – Uma visão pós-troika», publicado em dezembro de 2012, identificando 27 desafios estratégicos e 511 recomendações para libertar o potencial de crescimento de Portugal.

Foi, desde Janeiro de 2013, presidente do Grupo de Trabalho do Partido Popular Europeu (PPE) para a Energia e Alterações Climáticas.

Foi, entre 2009 e 2012, diretor da área de Economia da Energia e das Alterações Climáticas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em Nova Iorque.

Entre 2006 e 2009, foi: consultor do Presidente da República nas áreas da Ciência, Ambiente e Energia; consultor do Banco Europeu de Investimento (BEI), na área da Biodiversidade; conselheiro do Presidente da Comissão Europeia para as negociações internacionais sobre o regime climático pós-2012.

Entre 2003 e 2005 foi Secretário de Estado da Ciência e Ensino Superior e Secretário de Estado do Ambiente e do Ordenamento do Território.

Entre 1999 e 2003, foi Deputado ao Parlamento Europeu, sendo o Relator Permanente para as alterações climáticas. Nessa qualidade, foi relator, negociador e autor da Diretiva que estabeleceu o novo Sistema Europeu de Comércio de Emissões, aprovada em 2003. Presidiu, igualmente, às delegações do Parlamento Europeu às Conferências das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas realizadas em Haia, Bona e Marraquexe e à Cimeira Mundial do Desenvolvimento Sustentável realizada em Joanesburgo, em 2002.

Entre 1995 e 1998, foi presidente da JSD. É autor dos livros «Genética Humana – a hora do Legislador» (PPE-DE, 2002) e «As Alterações Climáticas no mediterrâneo» (Instituto Cajamar, Madrid, 2003) e coautor do «Dicionário de termos europeus» (Aletheia, 2006).

Foi distinguido, em 2009, com a insígnia de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique, atribuída pelo Presidente da República.

Populares