Seguir o O MINHO

Futebol

Jogadores do Porto “foram insultados pelo árbitro em Braga”

I Liga

em

Foto: DR / Arquivo

O treinador do FC Porto revelou hoje, durante a conferência de antevisão da partida com o Vizela, da 32.ª jornada da I Liga de futebol, que os jogadores portistas “foram insultados pelo árbitro em Braga na última jornada”.

Sérgio Conceição mostrou-se indignado com a postura do árbitro Hugo Miguel no encontro com o SC Braga, que o FC Porto perdeu por 1-0, naquela que foi a primeira derrota no campeonato e colocou fim a uma série de 58 jogos sem perder na I Liga.

“Vi árbitros a responder a jogadores, mas a insultar? A chamarem enganador ao Taremi. Em Braga, Hugo Miguel disse para o Francisco Conceição: ‘Este ano não cais?’. Quando o engenheiro Luís Gonçalves levou cartão vermelho, disse: ‘Agora mete providência cautelar’. Não tem a ver com honestidade intelectual, que eu não conheço. Teve azar com o FC Porto”, explicou o treinador, que frisou ainda: “Contra isso, contra tudo isso, nós vamos fazer tudo para ganhar, para ganhar. Volto a referir, para ganhar”.

Questionado sobre o processo de inquérito instaurado ao Portimonense, pelo ‘onze’ apresentado no Estádio do Dragão, o treinador não poupou críticas.

“Acho que é uma vergonha. Acho uma vergonha esse inquérito que se abriu a um treinador e a uma equipa. É o espelho do futebol português. Muita gente vai atrás do que é falado diariamente, que não é falado de forma genuína, pensada. Eu tenho assistido a coisas que têm atingido um nível muitíssimo baixo”, salientou.

A três jornadas do fim da competição, os ‘dragões’ precisam de quatro pontos para garantir o título, isto se o Sporting vencer todos os jogos. Mesmo assim, o treinador da equipa ‘azul e branca’ não espera facilidades.

“Estes jogos na parte final do campeonato ganham uma dimensão diferente, são equipas que lutam por diferentes objetivos. O Vizela também vê estes jogos como finais. Espera-nos um jogo competitivo, cabe-nos ir à procura dos três pontos, é com esse intuito que preparamos este jogo”, referiu.

Depois da derrota com o SC Braga, colocando um ponto final na invencibilidade do FC Porto no campeonato, Sérgio Conceição admitiu que a semana foi difícil.

“Uma reação difícil pelo que se passou no jogo, não estamos habituados a perder. Olhámos para dentro, para o que não fizemos, o que podíamos ter feito. Não falo de atitude, talvez mais inteligência no jogo. O Braga mudou a postura habitual e nós não soubemos, a começar por mim, desmontar a organização defensiva do Braga”, referiu.

O FC Porto, líder do campeonato, com 82 pontos, recebe este sábado, às 19:00, o Vizela, 13.º classificado, com 32 pontos, numa partida da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol que será arbitrada por Manuel Mota, da associação de Braga.

Populares