Seguir o O MINHO

Desporto

João Ribeiro na final mundial em K1 500

Canoagem

em

Foto: FP Canoagem / Arquivo

João Ribeiro, canoísta de Esposende, garantiu a oitava final para Portugal, com o seu segundo lugar em K1 500, num dia “bastante longo”, que começou de manhã com o K4 500 (11.º), e terminou com uma prova “gerida” de forma a ser bem-sucedido.

“Não me senti tão bem como na eliminatória, mas penso que domingo, com boas horas de sono e a descansar bem, na final vou tentar lutar pelas medalhas. Fui quarto em 2018 em Portugal e, como é óbvio, espero melhorar esse resultado. Isso é estar na luta pelas medalhas. Todos querem e eu espero que uma seja minha”, concluiu.

Francisca Laia e Messias Baptista agarraram a vaga direta para a final do K2 200 mix, numa prova em que a dupla nem sabia bem o que esperar, pois é a primeira vez que competem juntos, depois de terem feito “somente dois ou três treinos em conjunto”.

“Apanhámo-nos na frente e assim fomos até ao fim. Correu bem. Foi uma prova muito boa. Agora, é fazer o que melhor sabemos. Igualar ou melhorar o que fizemos hoje poderá, eventualmente, servir para um resultado entre os primeiros”, assumiu Messias Baptista.

Populares