Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Já pode (re)visitar meio século da Romaria d’Agonia em exposição de fotografias

No Jardim Público de Viana

em

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Abriu hoje, no Jardim Público de Viana do Castelo, a exposição fotográfica coletiva “Olhares da Romaria”, que pretende mostrar a evolução e diferentes perspetivas da Romaria d’Agonia ao longo do último meio século, pela lente e olhar de 30 fotógrafos nacionais e estrangeiros.

A exposição reúne 90 fotografias de diferentes momentos e períodos, sendo a primeira mostra coletiva de fotógrafos que na sua carreira contribuíram para perpetuar e levar longe a festa.

“São fotógrafos locais, regionais, de outros pontos do país e até do estrangeiro, mas que também contribuíram, com o seu trabalho, para a imagem que a Romaria hoje tem”, explicou o presidente da Viana Festas, António Cruz.

No mesmo local, foi também hoje inaugurada a XX Feira de Artesanato da Romaria d’Agonia, que conta com cerca de 50 expositores.

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

A exposição de fotografia estará patente até 21 de agosto, no Jardim Público, com os respetivos trabalhos selecionados, três fotografias por cada fotógrafo, e informação sobre os autores.

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Foto: Joca Fotógrafos / O MINHO

Integram a exposição coletiva fotógrafos que trabalham para órgãos de comunicação, incluíndo Luís Videira (Joca Fotógrafos), colaborador de O MINHO, ou de outras publicações, profissionais e mesmo amadores, mas todos com o traço comum de pelas suas objetivas retratarem o que “de melhor tem a festa, ajudando a perpetuar de geração em geração, os usos e costumes dos vianenses”.

Populares