Neva (e bem) em vários pontos do Minho

Meteorologia

Já cai neve no Minho e com alguma acumulação. As imagens publicadas nas redes sociais ao início da manhã deste sábado mostram neve a cair em Castro Laboreiro, no concelho de Melgaço, e em Zebral, concelho de Vieira do Minho.

Em Castro Laboreiro, as imagens partilhadas por Adílio Pereira revelam alguma quantidade de neve, “seis centímetros de acumulação”, segundo o próprio. Mostra também imagens de um carro coberto por um manto de gelo.

Recorde-se que os distritos de Braga e Viana do Castelo, bem  como Porto, Aveiro, Castelo Branco e Coimbra, estão sob aviso amarelo até às 15:00 de hoje por causa da queda de neve acima de 600/800 metros.

O aviso amarelo, o menos grave, é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Pontos mais altos do Parque Nacional Peneda-Gerês, serras de Fafe e da Póvoa de Lanhos e até na aldeia de Zebral, na Serra da Cabreira, Vieira do Minho, imagens partilhadas pela página Luso Meteo mostram as ruas a tons de branco, “embora sem grande acumulação”.

Foto: Luso Meteo

O IPMA prevê pelo menos até ao fim de semana tempo frio, com descida da temperatura máxima entre 05 a 10 graus Celsius devido a uma massa de ar com origem polar.

Está também previsto vento forte, em especial na faixa costeira e nas terras altas, e períodos de chuva mais frequentes na sexta-feira, que poderão ser acompanhados de trovoada e granizo, vento e formação de gelo e geada no interior do país.

Por causa das previsões do IPMA, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um aviso à população para os riscos de intoxicações por inalação de gases devido a inadequada ventilação e incêndios em habitações resultantes da má utilização de lareiras e braseiras ou avarias em circuitos elétricos.

A proteção civil chama ainda a atenção para os perigos do piso escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo, bem como para a possibilidade de queda de ramos ou árvores devido aos ventos fortes.

A ANEPC aconselha também os cidadãos a evitarem a exposição prolongada ao frio, a usarem várias camadas de roupa e a acautelarem a prática de atividade física no exterior.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Profissionais da educação voltam hoje a manifestar-se em Lisboa

Próximo Artigo

Guimarães é um “porto seguro” para 142 refugiados ucranianos

Artigos Relacionados
x