Seguir o O MINHO

Viana do Castelo

Já é conhecido o programa das Festas da Agonia, a maior romaria de Portugal

Cinco dias de festa em Viana do Castelo

em

O programa da Romaria da Sra. da Agonia, que, em 2019, decorre entre 16 e 20 de agosto, foi hoje divulgado.

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Cartaz da Agonia com tema livre – para deixar “falar mais alto” a criatividade dos concorrentes

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Programa Sra. da Agonia. Foto: VianaFestas

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Viana do Castelo

Pastelaria de Viana deu 108 mil euros na raspadinha: “Fiquei bastante feliz”

Sorte

em

Foto: Cedida a O MINHO

108 mil euros. 1.500 euros todos os meses durante seis anos. Foi este o prémio obtido por um senhor numa raspadinha comprada na Pastelaria Londrina, no Largo de São Domingos em Viana do Castelo.

A proprietária, Joaquina Barreiro Dias, manifestou a O MINHO a sua satisfação pela entrega deste prémio.

“Fiquei bastante feliz”.

E se o movimento da Londrina aumentou durante o dia de hoje, a verdade é que o estabelecimento vai dando prémios com alguma frequência.

“Ainda no Natal demos 20 mil euros a um cliente”, recorda Joaquina Dias.

A O MINHO, manifestou o seu sonho secreto: “a minha maior felicidade era entregar o primeiro prémio do Euromilhões”.

Continuar a ler

Desporto

Viana recebe Campeonato Europeu de Surf Adaptado

No domingo irá acontecer o desfile das seleções e que incluirá também performances culturais na Praça da República

em

Foto: DR/Arquivo

Viana do Castelo vai receber na próxima semana, entre 20 e 26 de maio, o EuroSurf Adaptive 2019, recebendo a elite europeia do surf adaptado. O evento decorrerá na Praia do Cabedelo e conta com a presença de seis seleções nacionais, sendo que a vianense Marta Paço representa a seleção nacional.

No domingo, pelas 18:00, na Praça da República, irá acontecer o desfile das seleções e que incluirá também performances culturais.

A prova, que está em processo de certificação como evento de surf sustentável, vai contar com a presença das seleções de Portugal, Espanha, Itália, França, Reino Unido e Alemanha. A seleção nacional é composta por Nuno Vitorino, Camilo Abdula, Nuno Maltêz e Marta Paço, a competir em casa e formada pelo clube de Viana do Castelo. As competições irão decorrer de manhã, a partir das 8h30, de terça a sábado da próxima semana, com o domingo por dia extra, caso necessário.

Marta Paço vai competir em casa. Foto: Divulgação

Paralelamente, de 21 a 24 de maio, irá realizar-se o International Adaptive Surf Congress, no Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana. Trata-se de um evento aberto ao público em geral e que conta com uma forte participação de especialistas internacionais, desde representantes da International Surf Association (ISA), da International Blind Sports Association (IBSA), a representantes de outras entidades da Califórnia, do País Basco ou de Itália, nas áreas do surf, do surf adaptado e da sustentabilidade.

A vertente inclusiva do EuroSurf Adaptive também contempla, durante o período de competição, a realização de sessões livres de surf adaptado para utentes de associações ou delegações locais, como a Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Viana do Castelo (APPACDM), a Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO) e a Íris Inclusiva – Associação de Cegos e Amblíopes, e para alunos de escolas locais.

O EuroSurf Adaptive 2019 é organizado pela Câmara Municipal, pelo Surf Clube de Viana, Federação Europeia de Surf, a Federação Portuguesa de Surf, a Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, o Instituto Português do Desporto e Juventude, o Comité Paralímpico de Portugal,

Continuar a ler

Alto Minho

Redução do tarifário dos transportes públicos em Viana tem data para arrancar

Câmara anunciou a data

em

Foto: DR/Arquivo

A Câmara de Viana do Castelo vai iniciar a aplicação de descontos nos transportes públicos no dia 01 de junho, sendo que o protocolo que viabiliza a medida será assinado na próxima semana, informou hoje a autarquia.

Em comunicado, a autarquia da capital do Alto Minho acrescentou estarem em causa “um conjunto de ações que integram uma candidatura de 217 mil euros para apoiar, em 2019, diversas reduções e isenções nos transportes públicos”.

A Câmara decidiu “implementar um conjunto de ações como a gratuitidade do transporte escolar aos alunos do ensino secundário, numa ação inovadora que representa um investimento superior a 100 mil euros e atingindo 731 alunos”.

Ao abrigo do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes (PART), está também prevista “a redução em 50% do custo do bilhete ou passe aos utentes que utilizam os miniautocarros que circulam no centro da cidade de Viana do Castelo”, bem como “a introdução da gratuitidade para utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos entre o Parque de Estacionamento do Campo d’Agonia (PECA) e a Zona de Atividades Económicas da Praia Norte (Praia do Coral)”.

“Em causa está também a redução em 50% do custo do bilhete ou passe dos utilizadores da rede da concessão dos transportes urbanos para as zonas industriais do Neiva, 1ª e 2ª fases e Alvarães, e Meadela”, refere ainda a nota da autarquia.

O PART “tem por objetivo combater as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente o congestionamento, a emissão de gases de efeito de estufa, a poluição atmosférica, o ruído, o consumo de energia e a exclusão social”.

Até 15 de maio, data limite anunciada pelo primeiro-ministro para aplicação das medidas de redução tarifária, a grande maioria das Comunidades Intermunicipais iniciou a aplicação de descontos nos transportes públicos, mas pelo menos duas adiaram a sua aplicação.

Ainda não implementaram medidas de redução tarifária os cinco concelhos da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines e Odemira), que deverão apenas ter início a 01 de julho.

Também o presidente da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM), José Maria Costa, disse que as reduções tarifárias nos transportes públicos nesta CIM serão decididas até ao final de maio, sem adiantar a data de aplicação.

A CIM do Alto Minho abrange dez concelhos do distrito de Viana do Castelo: Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira, Valença, Paredes de Coura, Monção, Melgaço, Arcos de Valdevez, Ponte da Barca e Ponte de Lima.

O PART prevê que as Áreas Metropolitanas de Lisboa (AML) e do Porto (AMP) e as 21 Comunidades Intermunicipais (CIM) recebam um total de 104 milhões de euros do Fundo Ambiental, através do Orçamento do Estado.

As CIM recebem 23,2 milhões de euros deste total.

Na AML e na AMP as medidas começaram a ser aplicadas a 01 de abril.

Portugal tem 308 municípios, 278 deles no continente (243 representados em comunidades intermunicipais, 18 na Área Metropolitana de Lisboa e 17 na Área Metropolitana do Porto), 11 na Madeira e 19 nos Açores.

As medidas do PART aplicam-se apenas aos municípios do continente, tendo as regiões autónomas soluções próprias, ao abrigo da autonomia regional.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Patrocinado

Reportagens da Semana

Populares