Seguir o O MINHO

Futebol

Ivo Vieira acredita num jogo “agradável” frente ao Portimonense

I Liga

em

Foto: Imagem FC Famalicão

O treinador do Famalicão, Ivo Vieira, acredita que o jogo de domingo com o Portimonense, a contar para a 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, “vai ser agradável e com duas equipas a quererem ganhar”.

O técnico da equipa famalicense quer que a equipa mantenha o foco e lembrou a necessidade de os seus jogadores serem “mais competentes que o adversário” para alcançar o objetivo principal, que passa pela vitória.

“Vimos de uma sequência boa de resultados, embora quiséssemos ganhar. Mas, a soma de pontos vai de encontro com aquilo que queríamos, de razoável para bom”, disse Ivo Vieira, que soma duas vitórias e dois empates, em casa com Sporting de Braga e fora com Sporting, desde que assumiu o comando da equipa.

O próximo adversário “está numa fase boa em termos de resultados”, pelo que o encontro colocará frente a frente “duas equipas a crescer naquilo que é o seu posicionamento na tabela”.

“Vai ser um jogo agradável, em que duas equipas vão querer ganhar. Vamos procurar ser mais competentes e aproveitar este momento de alguma alegria. A satisfação e motivação é maior. Mas, sabemos que o nosso adversário procura o mesmo”, disse, na conferência de imprensa de antevisão da partida com os algarvios.

Sobre o adversário, Ivo Viera está consciente das dificuldades, mas explicou que a estratégia passa por olhar para o que o Famalicão pode fazer dentro de campo.

“O Portimonense é uma equipa forte coletiva e individualmente. É uma equipa intensa. Fisicamente, é uma equipa atlética, que joga bem se o deixarmos e é uma equipa forte nos duelos. Temos que levar a nossa estratégia para o jogo. Mais do que olhar para o Portimonense, temos que acreditar e seguir os nossos objetivos e ideia”, referiu ainda.

O treinador da equipa famalicense lembrou ainda o empate da última jornada, frente ao Sporting (1-1), no entanto, garantiu que a atenção está totalmente centrada no próximo jogo.

“Segundo o que é o momento e o resultado, a nossa vontade – frente ao Sporting – era conquistar os três pontos. Não conseguimos. Mas, temos que valorizar o ponto conquistado, perante aquele que está em primeiro lugar na Liga portuguesa”, explicou Ivo Vieira.

Face ao Portimonenses, será um jogo diferente, entre “duas equipas que têm feito golos nas últimas quatro jornadas, que estão num bom momento”.

“Aquele que interpretar melhor o jogo e levar vantagem naquilo que é a questão tática é que poderá tirar vantagem. Sabemos os momentos das equipas, as valências dos jogadores, depois é uma questão mental na abordagem ao jogo para podermos conseguir aquilo que é o nosso objetivo. Estamos conscientes de que vai ser uma tarefa difícil, como foram os outros”, frisou ainda.

Questionado sobre a eficácia do avançando brasileiro Anderson, que nos últimos quatro jogos apontou cinco golos, Ivo Vieira preferiu evidenciar o coletivo.

“O que me dá satisfação é ganhar jogos pela instituição que represento. Isso está dependente do que os jogadores fazem dentro de campo. É bom quando tenho um ponta de lança que faz golos, mas é maravilhoso quando temos uma equipa que trabalha em prol desse sucesso, para que esse atleta possa ter o maior número de golos. O jogo é coletivo e, para aparecerem os golos, há uma equipa a trabalhar para isso. Como também para a equipa não sofrer”, disse.

O Famalicão, que ocupa o 13.º lugar, com 27 pontos, recebe no domingo, às 15:00 horas, o Portimonense, no nono lugar, com 29, em jogo da 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Populares