Investigadores regressam para terceiro dia de buscas na barragem do Arade

Foto: Lusa

As buscas policiais no âmbito do desaparecimento de Madeleine McCann foram hoje de manhã retomadas na barragem do Arade, em Silves, depois de as autoridades terem decidido prolongar as buscas, que deveriam ter terminado na quarta-feira.

Os investigadores regressaram esta manhã ao terreno acompanhados também por sapadores florestais munidos de equipamentos para limpar zonas de mato e vegetação numa das margens da bacia da barragem do Arade.

As buscas têm decorrido com movimentações no terreno de várias equipas de operacionais, acompanhados por investigadores das polícias portuguesa, britânica e germânica.

Nos dois primeiros dias das investigações iniciadas na terça-feira não foram reportados quaisquer indícios ou elementos que possam ajudar a desvendar o desaparecimento de Maddie McCann em maio de 2007.

Apesar das tentativas que a Lusa fez, a Polícia Judiciária (PJ) não se mostrou disponível para avançar com informações sobre o decorrer das investigações, tendo remetido para o final fazer um balanço desta nova tentativa de recolha de indícios que permitam desvendar o caso.

A menina de origem britânica desapareceu de um aldeamento turístico na Praia da Luz, no concelho de Lagos, onde estava a passar férias com os pais e os irmãos, a cerca de 50 quilómetros do local onde decorrem estes trabalhos.

As buscas foram requeridas pela polícia germânica por suspeitar do envolvimento de um cidadão alemão no desaparecimento da criança, e que alegadamente frequentava aquele local na barragem do Arade, no concelho de Silves, no distrito de Faro.

A realização destas buscas em 2023, 16 anos depois do desaparecimento, estão a ser acompanhadas pela Polícia Metropolitana de Londres e pela Polícia Judiciária, com o apoio da Guarda Nacional Republicana, Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil e Bombeiros Voluntários de Silves.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Linha SOS Criança Desaparecida já registou 50 apelos este ano

Próximo Artigo

Humorista de Viana banido do Instagram por causa de piada sobre boneca com síndrome de Down

Artigos Relacionados
x