Seguir o O MINHO

Ave

Intempérie estragou produções em Cabeceiras de Basto. Candidato PSD/CDS pede apoios

Na noite de sexta-feira

em

Foto: Manuel António Teixeira

A intempérie que se abateu sobre o distrito de Braga, na passada noite de sexta-feira, provocou estragos em algumas produções de vinho, kiwi e milho no concelho de Cabeceiras de Basto, divulgou o candidato local da coligação PSD/CDS às eleições autárquicas.

Manuel António Teixeira visitou produtores da freguesia de Cavez, onde se encontram os maiores produtores vinícolas do concelho, e foi-lhe dito que estão previstas perdas entre os 60% e os 80%, face à queda de granizo.

“A colheita foi severamente afetada com esta intempérie, prevendo-se perdas entre os 60% e os 80%. Para além do vinho, outras produções foram afetadas tais como o milho, o kiwi, entre outras”, escreveu o candidato na sua página da rede social Facebook.

Foto: Manuel António Teixeira

Foto: Manuel António Teixeira

Manuel António salienta que é difícil para um produtor, em nome individual, assumir os custos. Face a isso, espera que, com o apoio do Município, liderado pelo PS, a Direção Regional de Agricultura e Pesca do Norte, em estreita ligação com o Ministério da Agricultura, “possa fazer um apanhado dos prejuízos nas zonas mais afetadas, podendo assim compensar, em parte, os produtores e agricultores sob pena de lhe serem cerceadas as possibilidades de desenvolvimento futuro”.

 

“Como se prevê a continuidade das intempéries para os próximos dias e, certamente, podem vir a ocorrer num futuro próximo ou mais longínquo, seria importante pensar-se em políticas de Associativismo a Nível Agrícola, mesmo no âmbito da Região de Basto, para tornar os produtores mais fortes de modo a enfrentar estas adversidades”, afirma Manuel António Teixeira.

O candidato de centro-direita recorda ainda a ideia antiga da constituição de uma adega cooperativa. “Também não seria de descurar, claro que só após o diálogo e aceitação da grande maioria dos produtores vinícolas”, vincou.

Populares