INL junta em Braga parceiros de Portugal e Espanha para levar a biotecnologia às empresas

Encontro irá apresentar para estabelecer sinergias entre o setor da biotecnologia com outros setores

Os seis parceiros portugueses e espanhóis do projeto CT-BIO – o projeto que pretende criar um cluster transfronteiriço de biotecnologia no Norte de Portugal e na Galiza – estão, hoje, no INL para mostrar às empresas como a biotecnologia pode ser uma ferramenta crucial no desenvolvimento dos seus negócios.

O evento “Pequeno-Almoço de Trabalho BIO” terá lugar no INL, pelas 10:00 e contará com a presença de especialistas do INL; da Universidade do Minho; da Associação Portuguesa de BioIndústrias; do Cluster Tecnológico Empresarial de las Ciencias de la Vida (BIOGA); do Consórcio da Zona Franca de Vigo e da Universidade de Santiago de Compostela.

Este encontro está aberto a todas as empresas e agentes interessados no tema da biotecnologia e servirá para dar a conhecer aos participantes o plano diretor da criação do cluster transfronteiriço de biotecnologia entre a Galiza e o Norte de Portugal.

No mesmo evento será também apresentado o plano de hibridação do projeto CT-BIO. Este plano consiste no estabelecimento de sinergias entre o setor da biotecnologia com outros setores, nomeadamente, o da Saúde, o Agroalimentar e Pescas e o Ambiental.

Neste sentido, serão apresentados alguns case studies de empresas destes setores que já incorporaram a biotecnologia nos seus negócios.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Centro Qualifica de Famalicão reconhecido como um dos melhores do país

Próximo Artigo

Rede 8 de Março convoca greve feminista e apresenta manifesto contra desigualdade

Artigos Relacionados
x