Seguir o O MINHO

Região

INEM renovará ambulâncias nos Bombeiros e Cruz Vermelha

em

O INEM renovará todas as suas ambulâncias que funcionam como postos de emergência médica, nos Bombeiros e Cruz Vermelha, parte das quais no Minho, prevendo-se que em 2018 sejam 75 novas viaturas, num investimento este ano, de três milhões e 700 mil euros.

O anúncio da aquisição gradual visando renovar integralmente a frota até ao ano de 2021 foi feito durante esta segunda-feira pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, anunciou esta segunda-feira um investimento de 3,7 milhões de euros na renovação da frota de ambulâncias do INEM.

Segundo o ministro, em 2018 vão ser assinados protocolos com as corporações de bombeiros para a aquisição de 75 ambulâncias dos designados Postos de Emergência Médica, melhorando assim as condições de operacionalidade do Sistema Integrado de Emergência Médica na assistência a vítimas de acidente ou doença súbita.

Os Postos de Emergência Médica (PEM) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) funcionam em corporações de bombeiros ou delegações da Cruz Vermelha Portuguesa que têm acordos com o INEM para dar resposta a emergências médicas pré-hospitalares. Para o efeito dispõem de uma ambulância de socorro do Instituto, disponível 24 horas por dia para dar resposta aos pedidos de socorro recebidos via Número Europeu de Emergência – 112.

Ambulâncias de socorro

Uma ambulância de socorro é assim muito mais do que uma viatura sobre quatro rodas: é na realidade um instrumento para salvar vidas, já que se espera que o tratamento às vítimas de acidente ou doença súbita comece ainda antes da chegada à unidade de saúde, ou seja, no local da ocorrência e na célula sanitária da ambulância.

Atualmente o INEM tem 317 ambulâncias em funcionamento afetas aos PEM, apresentado a frota necessidade de renovação e deste modo, com recurso aos saldos de gerência acumulados do Instituto, devidamente autorizado pelo Ministério da Saúde e pelo Governo da República, o INEM vai em 2018 proceder à assinatura de 75 protocolos para a aquisição de outras tantas novas ambulâncias, substituindo as viaturas mais antigas.

O plano do INEM para a renovação desta frota prevê que se proceda à substituição de 75 ambulâncias em cada ano entre 2018 e 2021, altura em que a frota de ambulâncias se encontrará totalmente renovada. Trata-se assim de uma importante iniciativa do INEM e que marca também uma nova forma de aquisição das ambulâncias: ao invés de ser o Instituto a comprá-la, é adquirida diretamente pela corporação de bombeiros.

O INEM pagará uma verba de 50 mil euros para a aquisição, manutenção e seguro da ambulância. E a partir do primeiro ano de vida irá igualmente subsidiar a corporação de bombeiros nas despesas com manutenção, reparações e seguro.

Anúncio

Aqui chegado…

...temos uma pequena mensagem para partilhar consigo. Cada vez mais pessoas lêem O MINHO, jornal estritamente digital, líder de audiências. Ao contrário de outros órgãos de informação, optámos por não obrigar os leitores a pagarem para lerem as nossas notícias, mantendo o acesso à informação tão livre quanto possível. Por isso, como pode ver, precisamos do seu apoio.

Para podermos apresentar-lhe mais e melhor informação, que inclua mais reportagens e entrevistas e que utilize uma plataforma cada vez mais desenvolvida e outros meios, como o vídeo, precisamos da sua ajuda.

O MINHO é um órgão de comunicação social independente (e sempre será). Isto é importante para podermos confrontar livremente todo e qualquer tipo de poder (político, económico ou religioso) sempre que necessário.

Inspirados na filosofia seguida pelo jornal inglês "The Guardian", um dos mais importantes órgãos de comunicação do Mundo, também nós achámos que, se cada pessoa que lê e gosta de ler O MINHO, apoiar o futuro do nosso projeto, este será cada vez mais importante para o desenvolvimento da sociedade que partilhamos, a nível regional. Pela divulgação, partilha e fiscalização.

Assim, por tão pouco como 1€, você pode apoiar O Minho - e só demora um minuto. Obrigado.

Aqui Perto

Incêndio perto de Melgaço lavra no parque natural de Xurés, na Galiza

Perto da fronteira com Portugal

em

Um incêndio florestal ativo está a lavrar no parque natural de Xurés, no sul de Ourense, tendo já queimado 40 hectares de floresta, segundo as estimativas iniciais do Ministério do Meio Rural.

O local fica a cerca de cinco quilómetros da fronteira com o Minho e a menos de 10 do centro da vila de Castro Laboreiro, no concelho de Melgaço.

O incêndio, que começou minutos antes da meia-noite, na freguesia de San Xes de Vilariño, no município de Lobeira (Ourense), está a ser combatido por dois agentes florestais e quatro brigadas, com recurso a quatro motobombas.

Esperamos que em breve sejam incorporados os meios aéreos, refere o ministério num comunicado.

Além deste incêndio, o departamento autónomo deu conta da extinção, esta madrugada, de outro incêndio florestal em Padrenda (Ourense), após ter consumido 21 hectares.

Continuar a ler

Braga

Procuram-se jovens músicos bracarenses para se juntarem à Escola do Rock

Inscrições até 01 de abril

em

Foto: GNRation

A Escola de Rock de Paredes de Coura vai descer até Braga para apresentar um concerto que irá integrar jovens músicos bracarenses.

O convite partiu do gnration e está inserido nas comemorações do seu sexto aniversário. Para isso, a estrutura bracarense vai organizar uma “open call onde irá procurar jovens guitarristas e baixistas da cidade de Braga, com idades entre os 13 e os 17 anos.

O espetáculo sobe a palco a 27 de abril, sábado, pelas 16:30. Os ensaios de preparação decorrem a 13 e 14 de abril, sábado e domingo, respetivamente, das 14:30 às 18:30. Ainda a 27 de abril, da parte da manhã, haverá um ensaio-geral.

As inscrições são gratuitas e decorrem até 1 de abril. Os interessados deverão contactar o gnration através do e-mail [email protected]

Recorde-se que a Escola do Rock surgiu em Paredes de Coura, corria o ano de 2014, numa iniciativa municipal para potenciar o aparecimento de novas bandas e novos músicos. Composta por cerca de 50 jovens músicos, já atuou em diversas salas de espectáculos e festivais de música.

Continuar a ler

Braga

Larápios deixam carro sem as quatro rodas em Braga

Em Fraião

em

Foto: DR (partilhada por Semanário V)

O proprietário de um veículo da marca Mercedes, parado num estacionamento numa rua de Fraião, em Braga, foi esta quinta-feira surpreendido, após lhe terem furtado as quatro jantes e respetivos pneus.

Os larápios deixaram a viatura apoiada num macaco e num tijolo.

A GNR foi chamada ao local.

Continuar a ler
Anúncio

ÚLTIMAS

Reportagens da Semana

EM FOCO

Populares