Seguir o O MINHO

Região

Saiba quais são os municípios do Minho com maior e menor grau de transparência

em

O Índice de Transparência Municipal (ITM), relativo ao ano de 2016, foi divulgado esta quarta-feira pela associação Transparência e Integridade Associação Cívica (TIAC).

Este índice, conforme é apresentado no site da associação, “mede o grau de transparência das câmaras municipais através de uma análise da informação disponibilizada aos cidadãos nos seus websites” e não representa um índice de corrupção, nem significa sucesso eleitoral ou satisfação do eleitorado.

O ITM é composto por 76 indicadores agrupados em sete dimensões: 1) Informação sobre a Organização, Composição Social e Funcionamento do Município; 2) Planos e Relatórios; 3) Impostos, Taxas, Tarifas, Preços e Regulamentos; 4) Relação com a Sociedade; 5) Contratação Pública; 6) Transparência Económico-Financeira; 7) Transparência na área do Urbanismo.

Três dos dez municípios do distrito de Viana do Castelo integram o top 10  do ranking global: Arcos de Valdevez e Vila Nova de Cerveiraempatados na quarta posição –  e Ponte da Barca, em oitavo.

“Este posicionamento traduz mais uma vez o reconhecimento de uma gestão pública cada vez mais responsável e participativa, essencial para a confiança dos arcuenses no poder local”, afirma a autarquia de Arcos de Valdevez em nota divulgada no seu site.

No distrito de Braga, o município que apresenta melhor desempenho global é Vizela, no 25.º lugar.

Famalicão, na 42.ª posição, destaca-se dentro do grupo de maiores municípios da região.

Na lista abaixo pode ver o ITM (a verde) e o ranking global ordenado de cada município, entre os 308 municípios portugueses.

O estudo completo e as ferramentas gráficas utilizadas na apresentação do ranking dos municípios podem ser consultados no site da associação, em poderlocal.transparencia.pt.

Ranking 

Por ordem crescente (do pior para o melhor)

Populares