Redes Sociais

Incêndios na “raia” de Braga e Guimarães assustaram e ameaçaram casas

População em sentinela face às chamas

Braga

Incêndios na “raia” de Braga e Guimarães assustaram e ameaçaram casas

Incêndios que atingiram a Morreira (Braga) e Balazar (Guimarães) ameaçaram casas e lançaram o pânico naquela zona que divide os concelhos de Braga e Guimarães.

Com início pouco depois das 17:30 horas, as chamas atingiram proporções “dantescas” e desceram, vindo da zona da Morreira, a encosta rumo a Balazar.

O fogo, empurrado pelo forte vento e manta morta quanto baste, “beijou” mesmo as paredes de algumas habitações e ameaçou uma igreja.

Companhia de Sapadores de Braga, Bombeiros Voluntários de Braga, Taipas, Póvoa de Lanhoso e Vizela estiveram no combate às chamas, que às 21:00 horas estavam mais calmas.

No terreno estão a esta hora 98 operacionais apoiados por 31 uma viaturas. Segundo foi possível apurar, e confirmado por fonte dos bombeiros, um casal de idosos teve de ser retirado da sua casa por precaução.

Mais Braga