Seguir o O MINHO

Ponte de Lima

PJ investiga incêndio em anexo em Ponte de Lima

Em Freixo

em

Bombeiros de Ponte de Lima no local Foto: Fernando André Silva / O MINHO

Um edifício anexo a uma habitação ficou totalmente destruído pelas chamas na sequência de um incêndio urbano ao início da tarde desta segunda-feira, em Freixo, concelho de Ponte de Lima.


Ao que O MINHO apurou no local, o fogo, de origem desconhecida, consumiu o anexo nas traseiras de uma propriedade na Rua da Quintinha, ficando apenas as paredes de pé, num incêndio que deflagrou de “forma estranha”.

Incêndio destruiu anexo nas traseiras da habitação Foto: Fernando André Silva / O MINHO

O chefe de operações e socorro da equipa dos Bombeiros de Ponte de Lima mobilizada para o local explicou que, à chegada do auxílio, o anexo encontrava-se “totalmente tomado pelas chamas”.

“A primeira equipa que chegou protegeu as imediações para não alastrar para outras habitações nem para os campos de cultivo”, disse a O MINHO.

Com a chegada das restantes equipas, que totalizaram doze elementos da corporação “mãe” de Ponte de Lima e do destacamento territorial do Freixo apoiados por cinco viaturas, o incêndio ficou confinado ao anexo e estava, pelas 18:27, em fase de rescaldo.

Foto: Fernando André Silva / O MINHO

“Há ainda o risco de algumas das paredes cederem”, explicou a mesma fonte.

O MINHO falou com o proprietário da habitação situada na mesma propriedade do anexo que explicou que o mesmo pertence a um irmão, conhecido empresário no ramo do imobiliário na localidade de Freixo.

“A eletricidade do anexo em causa está cortada há muito tempo, não faço ideia de como se terá iniciado este incêndio”, sublinhou, salientando que “é tudo muito estranho”.

Foto: Fernando André Silva / O MINHO

Militares da Guarda Nacional Republicana de Ponte de Lima estiveram na propriedade e registaram a ocorrência.

De acordo com informações recolhidas no local, foi chamada uma equipa da Polícia Judiciária para tentar apurar as causas da ignição.

Não há feridos a registar.

Notícia atualizada às 19h52.

Anúncio

Alto Minho

Fotografia: Carro abandonado na EN 202 já é parte da paisagem em Ponte de Lima

Uma viatura automóvel abandonada à face da EN 202, em Ponte de Lima, já é parte integrante da paisagem verde da freguesia de Brandara. Imperceptível a quem passa na estrada, é possível ver ainda parte do carro descoberta para quem entra na Rua das Barrosas. Segundo a lei, é competência da autarquia a remoção da viatura seguindo o artigo 165 do código da estrada (presunção de abandono). Fotografia: Armando Carriça / O MINHO

em

Uma viatura automóvel abandonada à face da EN 202, em Ponte de Lima, já é parte integrante da paisagem verde da freguesia de Brandara. Imperceptível a quem passa na estrada, é possível ver ainda parte do carro descoberta para quem entra na Rua das Barrosas. Segundo a lei, é competência da autarquia a remoção da viatura seguindo o artigo 165 do código da estrada (presunção de abandono). Fotografia: Armando Carriça / O MINHO

Continuar a ler

Alto Minho

Mulher ferida após capotamento na A27, em Ponte de Lima

Acidente

em

Foto: Arquivo / O MINHO

Uma mulher, cuja idade não foi possível apurar, sofreu ferimentos na sequência de um despiste, seguido de capotamento, na A27, em Ponte de Lima, disse a O MINHO fonte dos bombeiros.

A vítima, condutora da viatura ligeira, seguia no sentido Refoios de Lima-Viana do Castelo quando, por motivos ainda por apurar, entrou em despiste perto do nó de Arcozelo, acabando por capotar a viatura.

Para o local foram mobilizados os Bombeiros de Ponte de Lima com uma viatura de desencarceramento e uma ambulância.

“À nossa chegada, a vítima já tinha saído da viatura pelos próprios meios, não havendo necessidade de desencarcerar”, disse a mesma fonte.

A mulher foi transportada para o Hospital de Viana do Castelo com ferimentos considerados “ligeiros”.

O alerta foi dado cerca das 10:35 horas.

O destacamento de trânsito da GNR registou a ocorrência.

Continuar a ler

Alto Minho

Fotografia: Fernando Pimenta, a maior esperança olímpica, andou a apanhar batatas

Fernando Pimenta, a maior esperança nacional para os próximos Jogos Olímpicos, regressou aos tempos de infância e dedicou-se à apanha da batata em Ponte de Lima. “De volta onde fui muito feliz, onde tirei e aprendi muitas lições de vida com os meus avós. Cada vez mais dou valor a esses momentos”, escreveu o campeão mundial nas redes sociais: Foto: Instagram

em

Foto: Instagram de Fernando Pimenta

Fernando Pimenta, a maior esperança nacional para os próximos Jogos Olímpicos, regressou aos tempos de infância e dedicou-se à apanha da batata em Ponte de Lima. “De volta onde fui muito feliz, onde tirei e aprendi muitas lições de vida com os meus avós. Cada vez mais dou valor a esses momentos”, escreveu o campeão mundial nas redes sociais: Foto: Instagram

Continuar a ler

Populares