Seguir o O MINHO

Braga

Incêndio de grandes proporções em oficina em Braga

Trânsito condicionado na zona do Fujacal

em

Um incêndio de grandes proporções está a consumir uma oficina na Rua Conselheiro Lobato, em Braga.

A origem do incêndio ainda é desconhecida mas uma nuvem negra de fumo está espalhada pela cidade de Braga.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

A rua na zona do Fujacal está condicionada ao trânsito.

Foto: O MINHO

Foto: O MINHO

O alerta foi dado às 17:41 e no terreno estiveram 32 bombeiros dos Sapadores de Braga apoiados por nove viaturas.

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO

Notícia atualizada às 23h20, corrigindo o número de operacionais e meios no local.

Anúncio

Braga

Proprietários das “Lojas com História” em Braga já podem pedir isenção do IMI

44 lojas abrangidas

em

Foto: Divulgação / CM Braga

A Câmara de Braga anunciou esta terça-feira que os estabelecimentos abrangidos pelo programa “Lojas com História” já se podem candidatar à isenção de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), sendo que o prazo corre até 30 de novembro.

Em comunicado enviado à Lusa, a autarquia refere que atualmente são 44 as lojas abrangidas por aquele programa e que “está a decorrer também a segunda fase de classificação das “Lojas com História”, cuja candidatura deve ser feita junto dos serviços da autarquia.

Para conseguir a classificação de “Loja com História”, explica a autarquia, é preciso a “verificação cumulativa de determinados tipos de fatores”, desde a longevidade da atividade, que deve ter “pelo menos” 25 anos.

“A par da atividade (e a ela intrinsecamente ligados) também o património material e o património imaterial do estabelecimento ou da atividade devem apresentar determinadas características reveladoras do seu significado histórico e cultural ou social local”, refere a autarquia.

Para o vereador do urbanismo da Câmara de Braga, Miguel Bandeira, “a iniciativa é determinante para a aplicação dos benefícios previstos à data e outros que possam ser aprovados. Ao mesmo tempo é um estímulo para a manutenção da atividade que é hoje reconhecidamente um fator fundamental para a coesão e atratividade das cidades”.

O reconhecimento daquele tipo de estabelecimentos leva ainda à “inclusão das lojas classificadas no portal do Inventário Nacional Comércio com História que irá promover através da relação com a plataforma do Turismo de Portugal: Visit Portugal a divulgação das lojas reconhecidas em Braga”.

Continuar a ler

Braga

Firmino Marques só sai da Câmara de Braga em outubro para tomar posse no parlamento

Candidato pelo PSD à Assembleia da República

em

Foto: DR / Arquivo

O vice-presidente da Câmara de Braga, Firmino Marques, que se candidata a deputado nas listas do PSD pelo círculo eleitoral de Braga, nas próximas eleições legislativas, apenas abandona o Município quando for eleito e tomar posse na Assembleia da República, em outubro.

A informação foi prestada a O MINHO pelo presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, o qual salientou que, quando a campanha eleitoral  começar, Firmino recorrerá ao mecanismo legal da suspensão do mandato.

A sua substituição pela jurista Olga Costa, a oitava na lista que se candidatou à câmara fica assim adiada, e Rio tem mais tempo para definir se lhe entrega ou não os mesmos pelouros que Marques governa.

Firmino Marques disse há dias a O MINHO que se candidata “com espírito de missão e de serviço”, sublinhando que tem dado “provas desse espírito  de servir a comunidade bracarenses quer como presidente da Junta de Freguesia de São Vítor quer como vereador no Município”.

A próxima reunião de câmara, com todos os vereadores, está marcada para 10 de setembro.

Continuar a ler

Braga

GNR apreende 11 mil euros em artigos de contrafação na feira de Vieira do Minho

Identificados três suspeitos

em

Foto: DR / Arquivo

A GNR de Vieira do Minho apreendeu, segunda-feira, cerca de 11 mil euros em artigos de contrafação numa ação de fiscalização à feira semanal daquela localidade, tendo identificado três homens, anunciou hoje aquela força militar.

Em comunicado enviado hoje, o Comando Territorial de Braga explica que a ação levada a cabo pelo Posto Territorial de Vieira do Minho, “teve como objetivo o combate à contrafação” e que os militares “detetaram diversas bancas com artigos que ostentavam, ilegalmente, marcas registadas conhecidas”.

Foto: GNR

Os homens identificados têm idades entre os 35 e os 39 anos, adianta ainda o texto.

Entre os artigos apreendidos estavam, enumera a GNR, “194 t-shirts, camisolas, casacos e polos, 164 calças e fatos de treino e 145 pares de sapatilhas”.

Segundo refere a GNR “os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Vieira do Minho” e a ação de fiscalização “contou com o reforço do Destacamento de Intervenção de Braga”.

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares