Seguir o O MINHO

Braga

Iluminação dos passeios da Avenida 31 de Janeiro, em Braga, reforçada com luminárias LED

Investimento de 26 mil euros

em

Foto: Sérgio Freitas / CM Braga / Divulgação

A Câmara Municipal de Braga procedeu à ampliação da iluminação na Avenida 31 de Janeiro, colocando nova iluminação direccionada ao passeio em toda a extensão do lado poente da Avenida (o lado nascente será agora intervencionado), dotando esta importante artéria da cidade de uma melhor iluminação pública, com vista a aumentar a qualidade e segurança das deslocações pedonais nesta artéria, anunciou hoje a autarquia.

João Rodrigues, vereador com o pelouro da Gestão e da Conservação do Espaço Público, citado numa nota enviada a O MINHO, refere que “é fundamental o investimento e renovação da iluminação pública da cidade e a Avenida 31 de Janeiro constitui-se hoje como uma das principais travessias pedonais da mesma. A execução desta medida era fundamental”.

Foto: Sérgio Freitas / CM Braga / Divulgação

A instalação das novas luminárias em LED é justificada pela necessidade assumida pelo Município de garantir a sustentabilidade em todo o espaço público: “a sustentabilidade não significa só poupar; significa poupar de forma inteligente, garantindo valores como a protecção do meio ambiente, o valor da factura mensal a pagar pela iluminação que será prestada, mas também o conforto das pessoas e a qualidade de vida da população”.

A empreitada teve um custo de 26 mil euros. A nova iluminação foi instalada desde o início da Avenida 31 de Janeiro, no cruzamento com a Rua dos Barbosas, e prolonga-se até à Rua do Raio.

“Os epítetos pelos quais hoje Braga é conhecida têm de se manifestar também na forma como dispomos do espaço público municipal. Sendo hoje uma cidade claramente conhecida pela sua modernidade e inserida numa lógica de políticas públicas sustentáveis e dinâmicas, Braga também tem de ser um espaço físico com estas características. Assim, e como tem acontecido em todas as cidades com cunho de futuro, devemos continuar a privilegiar a possibilidade de o cidadão se deslocar de modo pedonal, de forma segura, tranquila e com qualidade, sem a necessidade de utilizar um meio de transporte mecânico. Esta visão tem vindo a ser trabalhada em todas as áreas pelo Município, correspondendo aos anseios da comunidade de Braga em tornar-se uma cidade cada vez mais agradável, sustentável e amiga do ambiente”, refere João Rodrigues.

Populares