Seguir o O MINHO

Alto Minho

Igreja em Melgaço ganha nova vida após incêndio

Santuário de Santa Rita, em Rouças

em

Foto: Divulgação/Diocese de Viana

A primeira fase da reconstrução da igreja do Santuário de Santa Rita, em Rouças, Melgaço, foi concluída e entregue esta segunda-feira. O local foi devastado por um incêndio em 2017. Esta fase da recuperação representou um investimento de 43 mil euros.

O bispo de Viana do Castelo, D. Anacleto Oliveira, esteve na entrega e realçou o esforço feito pela comunidade local, e também por comunidades vizinhas, ao longo destes anos, no sentido de levar o bom porto a recuperação deste templo.

“As comunidades formam-se quando têm uma obra que estão a fazer. O que estão a fazer é vosso! Consideraram isto como sendo vosso, mas no sentido alargado, pois também receberam contributos de Monção, gente que tem uma ligação profunda com este santuário”, disse.

A iniciativa contou com a presença do pároco atual de Santa Rita, padre Carlos Martins, do presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista, do representante da empresa responsável pelas obras, José Barreto, e do secretário da União de Freguesias de Viana do Castelo, José Manuel Fernandes.

Aquele responsável indicou ainda que, do valor total desta primeira fase de recuperação já foram pagas três tranches em dívida.

“Só avançaremos para uma segunda fase quando a primeira estiver paga na totalidade, pois como diz a minha avó: quem paga o que deve, sabe o que lhe sobra”, referiu o sacerdote.

O engenheiro José Barreto, responsável pelas obras, salientou a preocupação de prevenir novos episódios de ameaça contra a igreja, com a instalação de “elementos de segurança quer contra incêndios, quer contra intrusão”.

A ocasião de festa, com a conclusão oficial da primeira fase das obras de recuperação da igreja do Santuário de Santa Rita, na localidade de Rouças, em Melgaço, incluiu uma missa festiva seguida de procissão com todas as comunidades da região.

Populares