Seguir o O MINHO

Braga

Idosos trocam bengala pelo taco e aprendem a jogar hóquei em Vieira do Minho

Projeto “Bem Envelhecer”

em

Foto: Divulgação

Vieira do Minho recebeu vários idosos do projeto “Bem Envelhecer” numa prespetiva de promoção do envelhecimento ativo, anunciou a organização do projeto.


No passado dia 11 de outubro, vários idosos estiveram no centro escolar Domingos de Abreu, em Vieira do Minho, numa atividade intergeracional organizada pela Santa Casa da Misericórdia local.

Os idosos tiveram a oportunidade de, com apoio da equipa de desporto adaptado do CAVA, trocar as bengalas pelos tacos e aprender a jogar hóquei em campo com os mais novos. A prática desportiva abrangeu ainda a modalidade de andebol.

De acordo com o projeto “Bem Envelhecer”, a realização desta iniciativa teve por objetivos: promover e apoiar o contacto e a solidariedade entre as diferentes gerações e reviver os tempos antigos.

Anúncio

Braga

Acesso ao canil de Braga está vedado a voluntários para proteger AGERE da covid-19

Pandemia

em

Foto: DR

Um cidadão bracarense, Filipe Teixeira, de Ferreiros, reclamou, ontem, no arranque da Assembleia Municipal, a reabertura do acesso de voluntários – mais de 40 – das várias associações de defesa dos animais da cidade ao canil municipal, terminando com o corte que foi imposto pela AGERE no começo da pandemia.

O munícipe enalteceu o trabalho dos voluntários em defesa da dignidade dos animais e do seu bem-estar físico e psicológico, e disse não ser compreensível que o acesso, ao fim de sete meses, continue vedado: “se o animal não estiver bem do ponto de vista psicológico e afetivo a adoção torna-se mais difícil”.

Ricardo Teixeira

O voluntário pediu, por isso, um voto de desbloqueio da entrada dos voluntários, acentuando que tal se trata de um “direito de cidadania”.

No final, Rio esclareceu que, como o canil é contíguo aos serviços da AGERE, onde se concentram diariamente centenas de trabalhadores, entendeu-se, que por razões sanitárias, as da eventual transmissão do covid-19, seria de vedar o acesso a pessoas estranhas ao serviço: “se o serviço da AGERE parásse ou diminuísse por causa do vírus, toda a cidade era prejudicada. Foi isso que se acautelou”.

Enalteceu o trabalho dos voluntários, e referiu que o bem-estar dos animais está garantido pelos veterinários e pelos funcionários do canil, salientando que os voluntários têm podido aceder ao canil, ao fim de semana, período em que há menos trabalhadores da AGERE na zona.

Continuar a ler

Braga

Apanhado a roubar 150 euros em camarão no Intermarché de Amares

Assalto

em

Foto: Google Images Maps

Um homem foi detido, na sexta-feira, pelo furto de cerca de 150 euros de camarão no Intermarché de Amares.

De acordo com a CMTV, o indivíduo terá tentado furtar o marisco num saco mas acabou por ser detetado por seguranças do espaço, que lhe apreenderam o material.

Enquanto esperava pela chegada da GNR de Amares, o homem acabou por fugir do espaço comercial, tendo sido intercetado pelos militares já no concelho de Braga.

Foi detido e será este sábado presente a tribunal de turno.

Continuar a ler

Braga

Braga compra mais 10 mil euros em pilaretes para armazenar em ‘stock’

Infraestruturas

em

Foto: DR

A Câmara de Braga comprou, durante esta semana, 10.400 euros em pilaretes para armazenar em stock, apurou O MINHO junto do portal da contratação pública.

De acordo com documento publicado no passado dia 23, no portal de contratação pública Base Gov, a autarquia celebrou um contrato com a empresa Pistas de Ideias para aquisição de “equipamentos de controlo, segurança ou sinalização para estradas”.

Na descrição da compra pode ler-se que o contrato consiste na “aquisição de pilaretes para stock”, devendo a empresa fornecer o material até ao próximo dia 13 de outubro.

Em maio de 2018, a autarquia começou a apostar intensivamente na instalação deste tipo de material para dissuadir o estacionamento abusivo.

Recentemente, foram instalados pilaretes no acesso à urbanização de Fontaínhas, em São Vicente, instalação que motivou várias críticas por parte de moradores e comerciantes que viram assim fechado um dos acessos àquele bairro.

Continuar a ler

Populares