Seguir o O MINHO

Região

Ia ao Porto buscar drogas para vender a nove clientes fixos em Barcelos

Tráfico

em

Foto: DR (Arquivo)

Vendia drogas numa quinta abandonada em Arcozelo, Barcelos, chamada do Brasileiro, mas fazia-o, também em Famalicão e em Braga. Vai ser julgado no Tribunal de Braga.


A GNR local começou a segui-lo, quer quando passava coca ou heroína a consumidores, quer quando ia ao bairro da Pasteleira, no Porto – guiando sem carta de condução – comprar 100 euros de produto.

André, de 37 anos, de Barcelos, mas residente em Nine – atualmente em prisão preventiva – foi detetado em 2019 pela Guarda a vender drogas e foi vigiado até ser detido em janeiro de 2020.

Antes, já tinha sido detido, a 07 de janeiro, na posse de estupefacientes, mas fora libertado. A acusação diz que, apesar disso, continuou a vender, facto que lhe custou a medida de coação de prisão preventiva.

O arguido combinava por telemóvel ou SMS, com linguagem codificada, o local onde se encontraria com o toxicodependente para a transação. A GNR concluiu que tinha, pelo menos, nove clientes fixos, a quem vendia quase diariamente.

Foi apanhado a 30 de janeiro quando regressava da Pasteleira. A GNR encontrou-lhe várias quantidades dos dois estupefacientes.

Está acusado de um crime de tráfico de estupefacientes e dois de condução ilegal. O julgamento terá 15 testemunhas, três das quais são militares do NIC (Núcleo de Investigação Criminal) da GNR barcelense.

Anúncio

Ave

Homem baleado encontrado morto dentro do carro em Famalicão

Outiz

em

Foto: DR

Um homem, com cerca de 50 anos, foi encontrado sem vida ao final da tarde desta sexta-feira, em Famalicão, com sinais de disparo de arma de fogo.

Ao que apurou O MINHO, a hipótese de se tratar de crime não está descartada, encontrando-se no local elementos da GNR e da PSP, enquanto aguardam chegada de equipa especializada da Polícia Judiciária para saber o que terá acontecido.

O homem foi encontrado na estrada que liga Outiz a Vilarinho das Cambas por populares dentro da viatura e a arma que, alegadamente, terá sido disparada contra o homem, também já foi recuperada.

Os Bombeiros Famalicenses recolheram o cadáver para o gabinete-médico legal do IML.

A hipótese de suicídio acaba por ser a mais forte, mas apenas as perícias da Judiciária poderão esclarecer se houve crime.

Continuar a ler

Região

Atenção Viana, Caminha e Esposende: Ondas até cinco metros junto à costa

Agitação marítima

em

Foto: DR

Toda a costa do Minho está, neste sábado, sob aviso amarelo devido à previsão de agitação marítima forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Viana do Castelo e Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vão estar sob aviso amarelo entre as 00:00 horas até às 17:00 de sábado, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

As barras marítimas de Viana do Castelo, Esposende, Póvoa do Varzim, Vila do Conde, Douro, Aveiro, Figueira da Foz e Lagos estão condicionadas.

O aviso amarelo aplica-se a situações de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Mais informação sobre os avisos no portal do IPMA (ver aqui).

Continuar a ler

Viana do Castelo

Câmara de Viana oferece vacina a 400 trabalhadores para prevenir gripe sazonal

Gripe

em

Foto: Ilustrativa (Arquivo)

A Câmara Municipal de Viana do Castelo está a vacinar 400 trabalhadores para prevenir a gripe sazonal, foi hoje divulgado.

Em comunicado, a autarquia informou que irá “promover a vacinação junto de todos os funcionários que demonstraram interesse em receber a vacina da gripe, tendo já iniciado a campanha preventiva com os trabalhadores de risco”.

O centro cultural de Viana do Castelo está a funcionar como unidade de vacinação para a gripe sazonal, para os utentes das freguesias de Santa Maria Maior e Monserrate.

Também esta semana foi iniciada a campanha de vacinação nas Juntas de Freguesia do concelho, para “aliviar a pressão sobre os centros de saúde”, sendo que a vacina é “sempre administrada pelas equipas de enfermagem da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM)”.

Continuar a ler

Populares