Seguir o O MINHO

Futebol

I Liga: Ivo Vieira é o treinador com mais substituições decisivas

I Liga

em

Foto: Paulo Jorge Magalhães / O MINHO (Arquivo)

A edição desta temporada da I Liga tem sido marcada por uma forte tendência goleadora dos jogadores que “saltam” do banco de suplentes, que já apontaram um total de 66 golos, divididos por 42 marcadores diferentes, anunciou hoje a Liga Portugal.

Em comunicado, a entidade que gere as duas principais ligas portuguesas destaca o treinador do Vitória SC, Ivo Vieira, como o técnico que na presente edição da I Liga viu as suas substituições darem origem a um maior número de golos diferentes.

No total, as mexidas do técnico natural do Machico resultaram num total de onze golos diferentes. Um pecúlio que, de resto, começou a ser desenhado na jornada 5, com Pêpê Rodrigues a marcar o quarto golo do triunfo dos vimaranenses frente ao CD Aves. A contagem acabaria por ficar fechada ao minuto 94, altura em que o recém-entrado Rafa Soares assistiu Alexandre Guedes, também acabado de sair do banco.

As alterações de Ivo Vieira continuaram a surtir efeito na jornada 9, no triunfo expressivo diante do Belenenses, por 5-0. Léo Bonatini assumiu o papel de “suplente de luxo”, assistindo para o tento de João Carlos Teixeira, ao minuto 77, fechando as contas quatro minutos depois, apontando o quinto golo do conjunto minhoto.

A tendência manteve-se durante as rondas 13,14,17,18 e 20, onde as mexidas operadas pelo treinador de 44 anos estiveram na origem de um total de seis golos diferentes.

O último episódio deste “toque de midas” de Ivo Vieira aconteceu, precisamente, no passado fim-de-semana, altura em que os “Conquistadores” saíram vencedores no terreno do CD Aves (0-2). Para isso muito contribuiu Davidson que, após ter entrado ao minuto 59, inaugurou o marcador volvidos apenas seis minutos.

Populares