Seguir o O MINHO

Futebol

I Liga: FC Porto e Benfica procuram segunda vitória para igualar Santa Clara

I Liga

em

Foto: DR

FC Porto e Benfica procuram hoje dar sequência à entrada positiva na I Liga portuguesa de futebol e somar a segunda vitória na prova, que lhes permitirá igualar o líder provisório, Santa Clara, na segunda jornada.


Os ‘encarnados’ recebem o Moreirense no Estádio da Luz, a partir das 18:30, depois de uma promissora e ‘folgada’ estreia na competição, que se traduziu numa goleada por 5-1 em Famalicão e que permitiu à formação comandada por Jorge Jesus terminar a ronda inaugural no primeiro posto.

Pela frente, as ‘águias’ terão uma das cinco equipas que conseguiram vencer na primeira jornada, neste caso por 2-0, na receção ao ‘regressado’ Farense, e que nas duas últimas deslocações à Luz alcançou um empate 1-1 (2019/20) e uma vitória por 3-1 (2018/19).

Pouco depois, a partir das 20:30, o campeão nacional FC Porto visita o Estádio do Bessa, para defrontar o ‘renovado’ Boavista, formação que não sabe o que é vencer um dérbi portuense desde 2006/07.

Tal como Benfica, Santa Clara, Moreirense e Belenenses SAD, os ‘azuis e brancos’ entraram a vencer no campeonato e logo num sempre difícil embate com o Sporting de Braga, por 3-1. Já os boavisteiros empataram 3-3 no reduto do Nacional.

Em caso de triunfo, ‘dragões’ e ‘águias’ ou ‘cónegos’ igualam o Santa Clara no topo da classificação, com seis pontos. Os açorianos abriram a segunda jornada na sexta-feira, com um triunfo por 1-0 no terreno do Sporting de Braga, graças a um golo de Thiago Santana.

No outro jogo deste sábado, o Marítimo recebe o Tondela, às 15:30. Os insulares estrearam-se na I Liga com um desaire por 2-0, diante do Santa Clara, enquanto os tondelenses viram escapar a vitória nos instantes finais da receção ao Rio Ave e cederam um empate 1-1.

Calendário

– Sexta-feira, 25 setembro:

SC Braga – Santa Clara, 0-1

– Sábado, 26 setembro:

Marítimo – Tondela, 15:30

Benfica – Moreirense, 18:30

Boavista – FC Porto, 21:00

– Domingo, 27 setembro:

Farense – Nacional, 15:30

Gil Vicente – Portimonense, 16:00

Paços de Ferreira – Sporting, 18:30

Rio Ave – Vitória SC, 21:00

– Segunda-feira, 28 setembro:

Belenenses SAD – Famalicão, 19:45

Anúncio

Futebol

Ex-SC Braga Abel Ferreira é o novo treinador do Palmeiras, no Brasil

Futebol

em

Abel Ferreira. Foto: SC Braga / Arquivo

O treinador português Abel Ferreira vai treinar o Palmeiras, do Brasil, até ao final do ano civil de 2022, depois de ter orientado os gregos do PAOK, informou na sexta-feira o atual sétimo classificado do Brasileirão.

O técnico luso, que estava no conjunto de Salónica desde julho de 2019, deixa o clube no sexto lugar da primeira liga grega, com nove pontos, e depois de, já na presente temporada, ter eliminado o Benfica na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

“O Palmeiras definiu nesta sexta-feira a contratação do técnico Abel Ferreira. Nascido na cidade de Penafiel, em Portugal, o treinador de 41 anos de idade assinou vínculo até o fim de 2022 e será o primeiro português a comandar o Maior Campeão do Brasil na história. Além dele, também chegam os auxiliares Carlos Martinho e Vitor Castanheira, o analista de desempenho Tiago Costa e o responsável pela preparação física João Martins”, escreveu o clube seis vezes campeão do Brasil, no site oficial.

Abel Ferreira, que sucede ao brasileiro Vanderlei Luxemburgo no cargo, é o segundo treinador luso atualmente no Brasileirão, após a chegada do compatriota Sá Pinto ao comando do Vasco.

O campeão brasileiro em 2018 é atualmente sétimo colocado no campeonato, com 25 pontos, a 10 do Internacional e do Flamengo, que dividem a liderança, e está nos oitavos de final Taça do Brasil e da Taça Libertadores, fase em que vai defrontar o Delfin, do Equador.

Antes de rumar à Grécia, Abel Ferreira treinou o SC Braga, primeiro a equipa B dos minhotos em 2014/15, assumindo o comando da principal no final de 2016/17.

Continuar a ler

Futebol

FC Porto soma segunda derrota na Liga

I Liga

em

Foto: Twitter / FC Porto

O Paços de Ferreira venceu hoje na receção ao FC Porto 3-2, no jogo de abertura da sexta jornada da I Liga de futebol, com os ‘dragões’ a arriscarem ver os principais rivais distanciarem-se na classificação.

Numa primeira parte intensa, os pacenses atingiram o intervalo a vencer 2-1, com golos do israelita Dor Jan, aos 11 minutos, e de Stephen Eustáquio, aos 43, mas os ‘azuis e brancos’ ainda reagiram na etapa inicial, reduzindo por intermédio de Sérgio Oliveira, aos 45+7, na conversão de uma grande penalidade.

Quando era aguardada uma forte pressão no arranque da segunda metade por parte do FC Porto, foram os pacenses a marcar, através de Bruno Costa, aos 59, igualmente de grande penalidade, de nada valendo o tento anotado por Otávio, aos 78, para evitar a derrota dos campeões nacionais.

Com esta vitória, o Paços de Ferreira sobe provisoriamente ao sexto lugar, com oito pontos, enquanto o FC Porto conserva, para já, o terceiro lugar, com 10, a cinco do comandante Benfica.

Continuar a ler

Futebol

Treinador adjunto recusa Moreirense “menos forte” pela ausência de Ricardo Soares

I Liga

em

Ricardo Soares está infetado com covid-19. Foto: DR / Arquivo

O técnico adjunto do Moreirense garantiu hoje uma equipa estável no jogo com o Rio Ave, da sexta jornada da I Liga de futebol, apesar da ausência do treinador Ricardo Soares, infetado pelo novo coronavírus.

“Com a tecnologia que temos hoje à nossa disposição, o treinador irá estar em contacto permanente connosco e dar o seu contributo. Os jogadores conhecem a nossa forma de trabalhar e não vai ser pelo treinador não estar no banco que o Moreirense vai estar menos forte”, assumiu o adjunto Leandro Mendes, em conferência de imprensa.

O treinador Ricardo Soares teve hoje um teste positivo para o novo coronavírus, responsável pela covid-19, tal como o guarda-redes Miguel Oliveira, juntando-se ao lote de infetados no clube minhoto, que já englobava o defesa Matheus Silva.

“Temos de ser capazes de nos adaptarmos ao que vai acontecendo, até porque, nesta altura de pandemia, podemos ficar sem alguém de um momento para o outro. Aconteceu isso com o nosso técnico, mas temos um grupo grande e de qualidade. Dentro do possível, a equipa está mais do que preparada para dar uma boa resposta”, apontou.

Notando jogadores “motivados e a trabalhar muito bem”, Leandro Mendes explicou que a “parte principal da estratégia” foi delineada “nos treinos anteriores”, quando “o treinador estava presente”, pelo que “nada influenciou” a preparação do jogo em Vila do Conde.

“Estivemos a analisar esta manhã o adversário e foi bem elucidativo para os nossos jogadores aquilo em que o Rio Ave nos pode fazer mossa. Por outro lado, encontrámos caminhos que poderemos explorar. As debilidades do adversário poderão ser benéficas na nossa forma de jogar e na estratégia preparada para o encontro”, reconheceu.

O Moreirense procura o primeiro triunfo na condição de visitante, após uma derrota frente ao Benfica (2-0) e um empate com o Belenenses SAD (0-0), e vê o Rio Ave, habituado a lutar pelas vagas de acesso às provas europeias, a assumir o controlo do desafio.

“Não sendo um ‘grande’, é uma equipa com algum histórico e sustentabilidade na I Liga. É normal que tenha de assumir o jogo, mas, do outro lado, está uma equipa que também joga bem e tem qualidade. É isso que vamos tentar pôr em prática”, observou Leandro Mendes, um dos adjuntos dos ‘cónegos’, a par de Raul Faria.

Invictos há três duelos, os minhotos estão a protagonizar o segundo melhor arranque pontual em 11 presenças na elite do futebol português, tendo apenas menos um ponto do que os nove somados em 2003/2004, sob orientação de Manuel Machado, à passagem da quinta jornada.

“Essa questão não passa ao lado, nem deve passar. Temos de ficar orgulhosos pelo excelente campeonato que estamos a fazer, mas não podemos relaxar”, alertou o treinador adjunto, que ainda terá de colmatar as ausências dos lesionados Kewin, Abdu Conté, Anthony D’Alberto, Pedro Amador, Sori Mané, André Luís e Derik Lacerda.

O Moreirense, quinto colocado, com oito pontos, visita o Rio Ave, oitavo, com seis, no sábado, às 18:00, no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde, em jogo da sexta jornada da I Liga, com arbitragem de Iancu Vasilica, da associação de Vila Real.

Continuar a ler

Populares