Hospital de Guimarães quer os bebés a mamar até aos três anos

Há vantagens para as crianças, mas também para as mães

Arrancou, esta segunda-feira, a Semana do Aleitamento Materno, uma iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), que se celebra na 41.ª semana de cada ano. O Hospital Senhora da Oliveira (HSOG), em Guimarães, vai marcar este período com uma série de iniciativas que começaram hoje e se prolongam até ao dia 08 de outubro.

O primeiro momento desta semana dedicada à sensibilização para a necessidade de alimentar os recém-nascidos com leite materno, foi a inauguração do Cantinho da Amamentação. Trata-se de um espaço especialmente concebido para as mães com bebés internados na neonatologia poderem amamentar os seus filhos nas melhores condições.

A enfermeira diretora do HSOG, Ana Luísa Bastos, em declarações a O MINHO, esclarece que, ao contrário da ideia generalizada, as vantagens da amamentação materna não são apenas para o bebé. “Já foi demonstrado que a amamentação reduz o risco de cancro da mama, do ovário e de diabetes tipo II. A OMS defende que o aumento da amamentação materna pode reduzir em 20 mil por ano o número de mortes maternas”, aponta.

A amamentação deve começar na primeira hora de vida e manter-se enquanto a criança quiser

“A amamentação deve começar na primeira hora de vida e deve ser mantida em exclusivo até aos seis meses de vida. A partir daí deve ser complementada, mas deve ser mantida até aos dois, três anos, na verdade, até quando a criança quiser”, esclarece esta especialista. Ana Luísa Bastos deixa claro que o leite materno “é o alimento mais rico para o bebé”, além de ser o “mais equilibrado em termos nutricionais, fortalecendo o sistema imunitário da criança”.

Ao longo da semana, a iniciativa vai continuar, nomeadamente, com workshops em empresas, espaços comerciais e creches, sobre as vantagens do aleitamento materno.

A Semana do Aleitamento Materno fecha no sábado com a realização da caminhada ‘Laço Dourado’, de participação livre e em que se vai percorrer a distância entre o Hospital de Guimarães e o largo do Toural a partir das 11:15. Neste dia, é inaugurada uma exposição, na alameda de São Dâmaso, com fotografias de mães a amamentarem os seus bebés em locais icónicos da cidade de Guimarães, como o Castelo, o Paço dos Duques ou o próprio largo do Toural.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

GNR e bombeiros resgatam espanhol desorientado na Serra do Gerês

Próximo Artigo

"Vou gastar tudo em vinho". Apoio de 125 euros dá mote a campanha da Adega de Ponte da Barca

Artigos Relacionados
x