Hospital de Guimarães com inovadora cirurgia a laser para desobstruir próstata

Saúde
Foto: Rui Dias / O MINHO

O Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães, já realizou cerca de 50 cirurgias pelo método inovador de utilização de um laser que vaporiza o tecido obstrutivo da próstata, mantendo íntegras a erecto e continência urinária masculinas, foi hoje anunciado.

Em comunicado, aquele hospital revela que o procedimento é feito na Unidade de Cirurgia de Ambulatório do HSOG, “sendo uma novidade num hospital do SNS a realização desta prática em ambulatório”.

O procedimento de urologia é realizado quando o doente sofre de Hiperplasia Benigna da Próstata, condição que afeta dois a cada três homens a partir dos 40/50 anos de idade.

“Esta é uma patologia que se traduz em queixas relacionadas com a micção, por exemplo, dificuldade em iniciar ou manter a micção de forma continuada, aumento das idas à casa de banho durante o dia ou durante a noite”, lê-se na nota enviada pelo hospital.

“Esta é uma condição que, embora benigna, afeta imensamente a qualidade de vida de muitos homens”, vinca o mesmo documento.

O laser em questão é um Greenlight – BostonScientific, que realiza a fotovaporização do tecido benigno e obstrutivo da próstata, mantendo integras a ereção e continência urinária masculinas.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Governo vai pedir urgência ao TC na apreciação dos diplomas sobre apoios sociais

Próximo Artigo

Cabeceiras de Basto avisa que feira da Páscoa é "só para bens alimentares"

Artigos Relacionados
x