Seguir o O MINHO

Ave

Hospital de Famalicão não antevê situações de rutura na Urgência de Obstetrícia

Crise na saude

em

O Hospital de Vila Nova de Famalicão não tem registado “um acréscimo significativo” de afluência à urgência de Ginecologia e Obstetrícia na sequência dos encerramentos temporários daquele serviço no Hospital de Braga.

Em resposta enviada à Lusa, o Hospital de Famalicão diz ainda que não antevê “situações de rutura”.

“Não tem havido constrangimentos até à data nem acréscimo significativo, pelo que não antevemos situações de rutura”, refere a resposta.

O Serviço de Urgência de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital de Braga estará encerrado desde as 08:00 de domingo até às 08:00 de segunda-feira, por impossibilidade de se completarem as escalas de trabalho necessárias, foi hoje anunciado.

Nas últimas duas semanas, esta será já a quinta vez que aquelas urgências encerram, por períodos de 24 horas.

Em caso de Urgência, o Hospital de Braga pede aos utentes para contactarem a Linha SNS 24 – 808 24 24 24 e se dirijam a um dos outros hospitais da região, nomeadamente aqueles que têm apoio da especialidade de Ginecologia e Obstetrícia, entre os quais Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Viana do Castelo.

Em casos de maior complexidade, os utentes “devem dirigir-se” ao Centro Hospitalar de São João, no Porto.

EM FOCO

Populares