Seguir o O MINHO

Barcelos

Hospital de Barcelos fez o maior investimento anual da última década (um milhão de euros)

Saúde

em

Foto: DR / Arquivo

O Hospital de Barcelos investiu mais de um milhão de euros no primeiro quadrimestre de 2022, superando desde já todos os valores anuais de investimento efetuados na última década, foi hoje anunciado.

Em comunicado enviado a O MINH, o Hospital de Barcelos explica que “os investimentos em causa centram-se nas necessidades dos utentes e na preocupação pelo seu conforto e comodidade, dentro de um modelo de maior proximidade e de melhoria dos cuidados de saúde”.

“Neste sentido, está a decorrer um investimento em diverso mobiliário hospitalar e equipamentos da área de imagiologia”, acrescenta.

O comunicado acrescenta que os principais investimentos decorrem da apresentação de candidaturas no âmbito do sistema de apoio à transformação digital da Administração Pública (SAMA2020) e permitem ao Hospital de Barcelos ser pioneiro em diversas áreas.

Entre os vários projetos, o Hospital de Barcelos destaca os investimentos na monitorização dos utentes no Bloco Operatório, na Unidade de Cirurgia de Ambulatório, internamento cirúrgico e ainda a telemonitorização à distância dos utentes internados em Hospitalização Domiciliária.

“Outro investimento muito desejado e que terá um forte impacto no hospital, encontrando-se já em implementação, é a instalação wireless. Para além dos benefícios diretos da sua utilização pelos utentes, irá permitir um salto qualitativo muito considerável, na possibilidade de opção por equipamentos clínicos de vanguarda”, salienta.

“Também há uma forte preocupação com a comunicação e a satisfação dos utentes, estando já disponível desde 2021 uma APP (MyHSMM), que será complementada com sistemas de monitorização e avaliação da satisfação dos utentes, permitindo garantir os processos de melhoria contínua com base nas opiniões dos utentes”, completa o comunicado,

Está ainda em curso um projeto pioneiro ao nível da capacitação dos utentes da Unidade de Cirurgia de Ambulatório, que pretende reforçar a autonomia, uma recuperação mais adequada e o sucesso de cada intervenção.

“Muito em breve, os utentes do Hospital Santa Maria Maior deixarão também de ter necessidade da típica prescrição em papel para levantar os seus óculos e lentes. O processo passará a ser totalmente desmaterializado, contribuindo assim para a sua rapidez e simplificação, com vantagens ainda para o meio ambiente”, conclui.

Populares