Hospital de Braga: para criar soluções digitais para a Saúde

A maratona está de volta ao norte do país. Este fim de semana, a 18 e 19 de novembro, dezenas de estudantes de Saúde (Medicina, Ciências Farmacêuticas e Enfermagem) e Informática juntam-se no Hospital de Braga para colocar os seus conhecimentos e criatividade à prova, na criação de uma solução inovadora que responda a um problema atual na Saúde em Portugal com recurso à tecnologia.

As soluções criadas são apresentadas a um júri que distingue as equipas e ajuda no lançamento e desenvolvimento dos projetos, apoiando com 20 mil euros

Fonte do organismo adiantou que, durante 24 horas, as equipas multidisciplinares unem esforços e conhecimentos para criar um produto informático (aplicações, sites, softwares, entre outras soluções) que consiga aperfeiçoar cuidados médicos, facilitar e melhorar a qualidade da saúde. Uma iniciativa conjunta da ANEM – Associação Nacional dos Estudantes de Medicina e do CESIUM – Centro de Estudantes de Informática da Universidade do Minho, com o patrocínio dos SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.

Durante a maratona, as equipas terão o apoio de mentores de diversas áreas de atividade para acompanharem o desenvolvimento dos projetos e darem suporte técnico e científico.

Com o apoio da SPMS, MSD, Grupo José de Mello Saúde, Hospital de Braga, Subvisual, PeekMed e StartUp Braga entre outros, a iniciativa tem início às 18H00 do dia 18 de novembro e prolonga-se até às 20:00 do dia 19 de novembro. Durante este período, serão promovidas dinâmicas de grupo, debates e sessões sobre temas de Saúde, Empreendedorismo e Informática.

A Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM) é a legítima representante dos cerca de 12.000 estudantes de medicina em Portugal.

 
Total
0
Partilhas
Artigo Anterior

Pedidos 25 anos de prisão para irmãos Bourbon no rapto mortal de empresário de Braga

Próximo Artigo

Explosão de botija de gás deixa trabalhador com queimaduras graves em Famalicão

Artigos Relacionados
x