Seguir o O MINHO

Guimarães

Homem que morreu em acidente na A7 residia temporariamente em Guimarães

Óbito

em

Foto: DR (via Guimarães Digital)

O homem que morreu no despiste seguido de capotamento na A7, no domingo, é natural de Angola e residia temporariamente em Guimarães, dado que está emigrado em França.

Segundo o Guimarães Digital, do Grupo Santiago, que avança a notícia, a vítima é Fredson de Jesus Lobo dos Santos, de 50 anos.

O corpo será autopsiado no Gabinete Médico Legal de Braga e ainda não foram marcadas as cerimónias fúnebres.

Como O MINHO noticiou, o homem de 50 anos morreu ontem à tarde na sequência de um despiste seguido de capotamento na A7, em Famalicão, que deixou ainda uma mulher em estado grave.

Pelo que foi possível apurar, a viatura onde seguia a vítima mortal entrou em despiste, seguindo-se capotamento na via, no sentido Famalicão-Guimarães, em Oliveira Santa Maria.

No local estiveram os Bombeiros de Famalicão, as VMER de Famalicão e do Hospital de S. João, a Ascendi e o destacamento de trânsito da GNR.

Populares