Seguir o O MINHO

Famalicão

Homem morre durante prova de karting em Famalicão

Iniciativa foi suspensa

em

Foto: DR

Um homem, com cerca de 45 anos, morreu este domingo à tarde, quando participava numa prova de karting, no centro de Vila Nova de Famalicão.

Segundo a organização, a vítima sentiu-se mal, cerca das 14:30, e acabou por falecer, já depois de ter sido assistido no local pelos Bombeiros Voluntários Famalicenses, que ali se encontravam de prevenção, e levado ao Centro Hospitalar do Médio Ave.

A morte foi provocada por um ataque cardíaco.

Piloto de karting que morreu durante prova em Famalicão residia em Braga

A vítima mortal residia em Braga, embora fosse natural de Chaves.

A prova foi suspensa.

Notícia atualizada às 20h08

Anúncio

Desporto

Relvado de clube de Famalicão incendiado

em

Foto: Facebook de Ribeirão FC

Partes do relvado sintético do centro de formação do Ribeirão FC foram queimados este fim de semana, segundo revelou o clube nas suas redes sociais.

Comunicado Ribeirão FCA direcção do Ribeirão FC vem por este meio repudiar os actos de vandalismo ocorridos no Centro…

Publicado por Ribeirão Futebol Clube em Sábado, 20 de julho de 2019

Os responsáveis do clube apelam à população que, no caso de terem informações sobre este ato de vandalismo, informem as autoridades competentes.

A direção informou que irá apresentar queixa na GNR Famalicão contra desconhecidos.

Continuar a ler

Famalicão

Cães que estariam desnutridos são resgatados em habitação em Famalicão

GNR está a investigar o caso

em

Foto: DR

Dois cães que estavam a sofrer alegados maus tratos na freguesia de Castelões, Famalicão, foram resgatados por populares, entregues à GNR, que não devolveu os animais ao dono.

De acordo com moradores da zona, os cães estavam há vários sem que ninguém os alimentasse, e a denúncia foi feita também através das redes sociais com fotografias.

Os dois cães foram levados por um grupo de pessoas que os entregou à GNR de Joane. Um dos animais foi também atendido numa clínica veterinária de Famalicão por estar mais frágil, segundo avança a Cidade Hoje.

Os cães acabaram por ser encaminhados para o canil municipal e estão a receber tratamento.

O dono dos animais e proprietário da moradia alega que a casa foi vandalizada e que vai agir judicialmente contra os alegados invasores.

O proprietário nega a acusação de maus tratos e já se deslocou ao canil para os levantar, no entanto, a possibilidade foi-lhe negada.

A GNR está a investigar o caso.

Continuar a ler

Famalicão

Proposta de alimentação à base de farinha de inseto vence concurso em Famalicão

Quinze ideias de negócio foram as finalistas

em

Foto: CM Famalicão

Produtos alimentares naturais desenvolvidos com a incorporação de farinha de inseto é a proposta da Portugal Bugs que acaba de receber um impulso de cinco mil euros para o desenvolvimento do seu negócio.

A Startup de Guilherme Pereira e Sara Martins, do Porto, venceu o concurso JUMP, promovido pela Câmara Municipal de Famalicão, através do Famalicão Made In, em parceria com o Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) e algumas empresas do concelho, e, para além do prémio monetário, conquistou o direito a instalar-se gratuitamente durante um ano na incubadora Famalicão Made IN com acesso a programa de aceleração de negócios.

Os empreendedores têm já formuladas quatro barras proteicas, algumas formulações de massa proteicas e também os próprios insetos desidratados temperados, contando ainda com a própria farinha de inseto.

A empresa procura destacar-se como marca pioneira do setor em Portugal, ao serem produtores e transformadores de insetos.

Foram 15 as ideias de negócio que passaram à 2ª fase do concurso, sendo que apenas cinco foram provenientes de Vila Nova de Famalicão. Os objetivos do concurso passaram por atrair novas ideias de negócio e promover novas soluções e serviços para a industria, a cidade e os cidadãos.

A ECO2Blocks, de Alan Cunha e Vitor Sanches, da Covilhã, que transforma resíduos da indústria em produtos de alta qualidade para a construção civil, absorvendo CO2 no seu processo produtivo, foi a segunda ideia vencedora do concurso e para além do direito à instalação gratuita na Incubadora Famalicão Made In arrecadou um prémio monetário no valor de mil e quinhentos euros.

A fechar o pódio, a White Stamp, de Pedro Santos e Marta Rito, do Porto, com uma proposta de programa colaborativo que conecta o mercado de 1ª mão com o de 2ª mão, permitindo que retalhistas de moda premium incentivem os seus consumidores digitais a trocar artigos de moda usados por novos.

A White Stamp conquistou igualmente o direito a instalar-se na Incubadora Famalicão Made IN e recebeu um prémio monetário de mil euros.

O vereador da Economia e Empreendedorismo, Augusto Lima, traçou “um balanço muito positivo desta primeira edição do Jump, com mais de 75% de participantes fora do concelho, permitindo atrair novos projetos para o território que era um dos objetivos do concurso”. O mesmo responsável enalteceu a qualidade dos concorrente com projetos “muito acima da média, de enorme qualidade, e com muita possibilidade de desenvolvimento”

Continuar a ler

EM FOCO

Anúncio

ÚLTIMAS

Vamos Ajudar?

Reportagens da Semana

Populares