Seguir o O MINHO

Alto Minho

Homem morre após picada de inseto durante vindima em Monção

Terá sido uma vespa asiática

em

Foto: DR

Um homem de 75 anos morreu, na terça-feira de manhã, após ter sido picado por um inseto, alegadamente uma vespa asiática, enquanto estava a vindimar na freguesia de Valadares, em Monção.


Ao que O MINHO apurou, António Puga Azevedo estava a vindimar, quando sentiu uma picada e, de imediato, dirigiu-se para casa, onde ia pegar no carro para ir ao centro de saúde tratar-se, mas caiu ali inanimado.

Foi socorrido pelos Bombeiros de Monção e transportado para o Serviço de Urgência Básico de Monção onde acabaria por ser declarado o óbito.

“Não se sabe se foi picado por uma vespa ou por outro tipo de inseto”, declarou ao Jornal de Notícias o comandante dos Bombeiros de Monção, José Passos,

De acordo com o Correio da Manhã, que avançou a notícia, a GNR foi informada e investiga os contornos da morte.

António Puga Azevedo vivia em Valadares, Monção, onde será sepultado na tarde desta quarta-feira.

O funeral realiza-se às 14:00 na Igreja de Santa Eulália.

Anúncio

Viana do Castelo

Viana assinala centenário de Amadeu Costa com exposição e sessão solene

Etnógrafo

em

Foto: CM Viana do Castelo

A Câmara de Viana do Castelo vai assinalar, na sexta-feira, o centenário do nascimento do etnógrafo Amadeu Costa com a inauguração de uma exposição e uma sessão solene, informou hoje a autarquia.

Em comunicado, a autarquia explicou que “as comemorações incluem a inauguração da exposição “Amadeu Costa – Homenagem pelo centenário de nascimento”, no Museu do Traje, e uma sessão solene no teatro municipal Sá de Miranda.

Amadeu Alberto Lima da Costa nasceu a 23 de outubro de 1920 e faleceu em 30 de março de 1999, em Viana do Castelo, aos 78 anos.

Etnógrafo, investigador e dinamizador cultural, foi uma “figura incontornável da cultura tradicional de Viana do Castelo pelo estudo e divulgação que dela realizou ao longo de toda a sua vida”.

Continuar a ler

Alto Minho

Arcos de Valdevez cria centro de BTT e caminhadas em Soajo

Investimento de 45 mil euros

em

Foto: Ilustrativa / DR

A Câmara de Arcos de Valdevez vai criar um Centro de BTT & Caminhadas, em Soajo, num investimento de mais de 45 mil euros, “para melhorar a experiência turística e promover o espaço rural”, foi hoje divulgado.

Em comunicado enviado às redações, a autarquia acrescentou que a empreitada “Centro de BTT em Soajo – Alteração e Ampliação de Edifício”, inserida no projeto “Aldeias do Alto Minho – Walking & Cycling”, da CIM Alto Minho, foi consignada na última semana.

O novo centro, orçado em 45.420,10 euros, inserido no Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG), “terá uma instalação de apoio, para que os praticantes da modalidade possam usufruir de alguns equipamentos, como instalações sanitárias e balneários, equipamentos de lavagem de bicicletas, estação de reparação de bicicletas e zona de estacionamento”.

A operação “Aldeias do Alto Minho – Walking & Cycling”, é cofinanciada pelo Turismo de Portugal, com um investimento elegível de 80.000,00 euros e comparticipação de 72.000,00 euros.

Continuar a ler

Alto Minho

Arcos de Valdevez retoma plano municipal sénior de atividade física

Covid-19

em

Foto: DR / Arquivo

A Câmara de Arcos de Valdevez informou hoje estar a relançar o Plano Municipal Sénior, com a promoção de sessões de ginástica geriátrica dirigida a grupos organizados em diversos locais do concelho.

Em comunicado, aquela autarquia explicou que a atividade, “que se realiza semanalmente com o apoio de um professor de educação física, foi interrompida”, devido à pandemia de covid-19.

“Neste momento, depois de reunidas todas as condições de segurança, de acordo com as orientações de Direção Geral de Saúde, o município está em condições de reiniciar esta atividade, abrangendo um total de cerca de 100 idosos, distribuídos por 10 grupos”, especifica a nota.

Continuar a ler

Populares