Seguir o O MINHO

Guimarães

Homem encontrado morto dentro de casa no concelho de Guimarães

Nas Taipas

em

Foto cedida a O MINHO pelo Notícias das Taipas

Um homem de 71 anos foi encontrado sem vida ao final da tarde desta terça-feira depois de ter sido dado como desaparecido pela família, em Caldelas, concelho de Guimarães.


Os Bombeiros das Taipas, com uma ambulância e uma viatura especial no total de cinco elementos, foram acionados para uma abertura de porta na rua Viela do Alvite, encontrando o homem já sem vida no interior da habitação.

Ao que apurámos, o homem não era visto há mais de 24 horas e as portas de casa encontravam-se encerradas, pelo que terá sido solicitado junto das autoridades a abertura da porta da habitação.

As autoridades confirmaram o óbito, transportando o corpo da vítima para o Instituto de Medicina Legal do Hospital Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Não havia sinais de violência pelo que depreende que se tratou de uma doença súbita.

A GNR registou a ocorrência.

Anúncio

Guimarães

Trio ‘saca’ 5.000 euros de contas bancárias através de burla informática em Guimarães

Justiça

em

Foto: Ilustrativa / DR

Duas mulheres e um homem estão acusados dos crimes de acesso ilegítimo e burla informática por terem, através do serviço de homebanking, ‘sacado’ cinco mil euros de contas de dois clientes do Montepio Geral, em Guimarães.

Em nota publicada na sua página da internet, a Procuradoria-Geral Distrital do Porto refere que, de acordo com a acusação, “arguido e arguidas acederam, em dezembro de 2015, aos dados necessários para o acesso e movimentação, através de homebanking, das contas bancárias de dois clientes do Montepio Geral, nomeadamente número de utilizador, palavra-passe e dados do cartão matriz”.

Na posse destes dados, o trio, no dia 24 de dezembro de 2015, acedeu às contas dos referidos clientes e movimentaram-nas, transferindo cinco mil euros para outra conta em nome de uma das arguidas.

“Posteriormente, esta arguida levantou da conta que titulava a quantia transferida, quantia que todos os arguidos fizeram sua”, aponta a acusação.

Continuar a ler

Guimarães

Centro de Medicina da UMinho vai acompanhar doentes não covid em Guimarães

Para reduzir “enorme impacto” da pandemia

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

A Câmara de Guimarães celebrou um protocolo com o Centro de Medicina P5, da Universidade do Minho, que visa reduzir o “enorme impacto” que as restrições levantadas em razão da pandemia estão a provocar em “doentes não covid-19”.

Em comunicado, o município anuncia que o protocolo preconiza a criação de meios alternativos aos presenciais e às linhas telefónicas atualmente existentes, para facilitar a realização de diagnósticos e o acompanhamento de doentes, que, por causa da pandemia, “se veem impedidos de aceder com a regularidade e a prontidão necessárias aos cuidados de saúde que a sua condição reclama”.

O P5 assegurará a prestação de serviços clínicos aos cidadãos de Guimarães, através de plataformas digitais de serviços de monitorização e de avaliação de sintomas clínicos, em articulação com as unidades prestadoras de cuidados do Serviço Nacional de Saúde.

“Existirá a interação entre os profissionais de saúde e os munícipes e avaliação do impacto dos resultados clínicos, no âmbito de projetos de investigação”, refere ainda o comunicado.

Estão assegurados ainda serviços de apoio clínico para triagem de utentes, através das aplicações digitais ou da linha telefónica, onde os munícipes podem entrar em contacto com os profissionais do P5.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 43 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.343 pessoas dos 121.133 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Continuar a ler

Guimarães

Guimarães cria serviço de transporte flexível para períodos de baixa procura

Percursos serão otimizados através das reservas dos utentes

em

Foto: Divulgação / CM Guimarães

Guimarães vai criar um Serviço de Transportes de Passageiros Flexível para situações de baixa procura, que colmatará o défice de oferta no período noturno e aos fins-de-semana e feriados, foi hoje anunciado.

Em comunicado, o município sublinha tratar-se de um serviço complementar à rede regular de transporte público, que tem ainda como objetivo garantir os níveis mínimos expressos no Regime Jurídico do Serviço Público de Transportes.

Apresentado durante a reunião de hoje do executivo, o serviço “está pensado de forma a ser possível a otimização dos percursos e horários, através de um sistema de reservas”.

As reservas serão idealmente efetuadas com um dia de antecedência e, em função dos pedidos existentes, será providenciada a gestão logística.

As reservas poderão ser efetuadas por telefone ou através de uma aplicação ou website.

A cobertura territorial está divida em 10 zonas, abrangendo Guimarães, Sande (Vila Nova), Silvares, Brito, Fermentões, Creixomil, Ponte, Caldelas (Zona 1), Moreira de Cónegos, Conde, Lordelo, Nespereira, Guardizela, Gandarela (Zona 2), Serzedelo, Gandarela, Guardizela, Gondar, Selho (S. Jorge) (Zona 3), Oleiros, Vermil, Ronfe, Airão (S. João), Airão (Sta. Maria), Brito, Figueiredo, Leitões (Zona 4), Caldelas, Sande (S. Lourenço), Balazar, Longos, Briteiros (Sta. Leocádia), Sande (S. Martinho), Barco, Briteiros (S. Salvador) (Zona 5), Briteiros (Sto. Estevão), Prazins (Sto. Tirso), Donim, Souto (S. Salvador), Prazins (Sta. Eufémia), Corvite, Souto (Sta. Maria), Gondomar, Sande S. Clemente, Caldelas, Ponte (Zona 6), Atães, Rendufe, Gominhães, Selho (S. Lourenço), S. Torcato (Zona 7), Gonça, Castelões, Arosa, S. Torcato (Zona 8), Infantas, Serzedo, Costa, Mesão Frio (Zona 9) e S. Faustino, Pinheiro, Gémeos, Abação (S. Tomé), Urgezes (Zona 10), e em 2 linhas, uma no interior da freguesia de Polvoreira, entre a N105 e a EM579, e outra na ligação entre as freguesias de Pencelo e Azurém, pela zona do Mourão.

A cobertura temporal divide-se em período escolar e férias escolares, subdividindo-se cada um destes períodos em dias úteis e sábados, domingos e feriados.

Haverá o período diurno, que funcionará entre as 08:00 e as 20:00, e o período noturno, entre as 20:00 e as 24:00.

Para o presidente da Câmara, Domingos Bragança, este “é um serviço que vem dar resposta às carências que hoje se verificam no concelho de Guimarães”.

O autarca manifestou a intenção de fixar o preço ao utilizador com base no mesmo valor pago no serviço regular, sendo o montante da reserva descontado no preço final.

A frota que estará ao serviço do Transporte Flexível será 100 por cento elétrica, sendo constituída, inicialmente, por três mini-bus.

Continuar a ler

Populares