Seguir o O MINHO

Ave

Homem de Fafe em estado grave após levar com garrafa de vinho na cabeça

Agressões

em

Foto: DR

Um homem com cerca de 40 anos sofreu ferimentos graves depois de ter sido agredido na via pública por um vizinho, ao início da noite deste sábado, em Fafe.


Ao que apurou O MINHO, a vítima terá entrado numa discussão com um vizinho, por motivos desconhecidos, quando este o agrediu com uma garrafa de vinho na cabeça, provocando-lhe um golpe bastante profundo que o deixou em estado grave.

Para o local, na Rua de Atalhos, freguesia de Fareja, foram mobilizados os Bombeiros de Fafe com uma ambulância, para assistência inicial à vítima. Dada a gravidade dos ferimentos, com o homem a perder bastante sangue, foi acionada a ambulância de Suporte Imediato de Vida de Fafe, para prestar a primeira assistência médica diferenciada.

A vítima acabou por ser transportada com acompanhamento da equipa médica para o Hospital de Guimarães.

A GNR está no local a tentar apurar os contornos da agressão.

Anúncio

Guimarães

PSP evitou “intervenção pela força” para dispersar aglomerado Nicolino em Guimarães

Festas Nicolinas

em

Imagem: Redes sociais

O comando distrital de Braga da PSP informou esta tarde que evitou recorrer a uma intervenção musculada durante uma concentração de cerca de uma centena de pessoas no centro histórico de Guimarães, que celebravam o arranque das Festas Nicolinas e o Dia do Pinheiro, tradição enraizada naquela cidade.

Em comunicado enviado às redações, a PSP diz ter verificado “uma concentração anormal de pessoas nas imediações do centro histórico de Guimarães, com os habituais bombos e trajes nicolinos”, sendo que essa concentração é habitual “à tarde e à noite”, pelo que, ao ocorrer de manhã, foi de forma “inopinada”, diz a polícia.

“Antes das 13:00, hora de proibição de circulação na via pública, por força do estado de emergência em vigor, foi possível dispersar os cidadãos, evitando-se uma intervenção pela força, com resultados sempre imprevisíveis|”, acrescenta a mesma nota de imprensa.

“A PSP adotará as medidas preventivas necessárias para que não se verifiquem ajuntamentos de dimensão e natureza similar ao verificado em Guimarães”, reforça o documento.

“Apelamos a todos os cidadãos que que adotem um comportamento cívico e responsável, e que de acordo com o aconselhado pela organização, este ano as festas Nicolinas sejam celebradas em casa”, escreve ainda o comando PSP do distrito de Braga.

Continuar a ler

Ave

Mulher fica sem 270 euros após roubo por esticão no centro de Fafe

Crime

em

Foto: Ivo Borges / O MINHO

Uma mulher, com cerca de 65 anos, foi assaltada pelo método de ‘esticão’ na manhã deste domingo, no centro da cidade de Fafe.

Ao que O MINHO apurou, a vítima foi abordada pelo suspeito quando se deslocava na Avenida das Forças Armadas, protegendo a carteira a tira colo que trazia pois percebeu logo tratar-se de uma tentativa de assalto.

O suspeito, que não falava português, empurrou a vítima enquanto lhe tentava retirar a carteira, fazendo com que a mulher caísse ao chão, sofrendo hematomas numa mão.

Com a mala em sua posse, o indivíduo fugiu a correr deixando a vítima prostrada no chão. Pouco depois, apareceu um homem de bicicleta que ainda tentou perseguir o larápio, mas sem sucesso.

A alguns metros do local, junto a uma casa desabitada, foram encontradas algumas moedas e o telemóvel da vítima, caídas no chão, pelo que se depreende que terá sido descuido do assaltante durante a fuga. No entanto, o ladrão ficou com cerca de 270 euros em numerário (notas).

A GNR registou a ocorrência e está a proceder a diligências para encontrar o suspeito.

Continuar a ler

Guimarães

Ajuntamento no centro de Guimarães na manhã de arranque das Nicolinas

Perto de uma centena de pessoas juntou-se durante a manhã deste domingo no centro histórico de Guimarães para dar mote ao início das Festas Nicolinas. Dezenas de pessoas tocaram bombos, como manda a tradição, enquanto outros conviveram para assinalar o início das mais tradicionais festas do berço do país.

em

Foto: O MINHO / Arquivo

Perto de uma centena de pessoas juntou-se durante a manhã deste domingo no centro histórico de Guimarães para dar mote ao início das Festas Nicolinas. Dezenas de pessoas tocaram bombos, como manda a tradição, enquanto outros conviveram para assinalar o início das mais tradicionais festas do berço do país.

Continuar a ler

Populares